Home / Destaque / Acusado de matar 4 pessoas em SP na década de 90 é preso pela Polícia Civil na região de Catolé do Rocha-PB

Acusado de matar 4 pessoas em SP na década de 90 é preso pela Polícia Civil na região de Catolé do Rocha-PB

Compartilhe:

A Polícia Civil de Catole do Rocha, comandada pelo delegado seccional Sylvio Rabello, prendeu na região de Catolé do Rocha o indivíduo Vanil da Silva Oliveira, conhecido como “Miojo”, por ter cometido junto com outros comparsas, no ano de 1999, um quádruplo homicídio, na cidade de Santo André-SP

+ GTE apreende adolescente que estava circulando com moto roubada, em Catolé do Rocha

Segundo o Delegado, por conta de uma colisão de trânsito e sua respectiva recusa por parte das vítimas em pagar os danos, os acusados se juntaram e mataram primeiramente Wanderlei Pereira com disparo de arma de fogo e carbonizaram o corpo no interior de um carro. Em seguida foram atrás de mais três vítimas. Efetuaram disparos em Eduardo Pereira, Paulo José Lima e Marcelio da Silva e os colocaram também no interior de um veículo, ateando fogo. Uma das vítimas foi carbonizado viva.

Todos os acusados ainda estão foragidos e a Polícia Civil da Paraíba encontra-se nas diligências, no intuito de capturá-los. Segundo o Dr. Sylvio Rabello, as equipes do GTE já estavam no encalço do homicida há dias e com sucesso foi o mesmo preso nesta quarta-feira. 

ASSESSORIA/GTE DE CATOLÉ DO ROCHA

Leia mais notícias policiais

Veja outras notícias em catoleagora.com

Siga a página Catolé Agora no Facebook

Para anúncios ou informações: WhatsApp (83) 9.9676-1272

Deixe um Comentário

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.