Home / Destaque / Agricultor é preso em Pombal a mando da Justiça acusado de obter empréstimos fraudulentos

Agricultor é preso em Pombal a mando da Justiça acusado de obter empréstimos fraudulentos

Compartilhe:

Os agentes da 2ª Delegacia Distrital de Pombal, Sertão da Paraíba cumpriram nesta quarta-feira (10), mandado de prisão em desfavor de um agricultor, de 47 anos.

PM apreende armas de fogo artesanais e mais de 4 kg de drogas em Cajazeiras

O mandado judicial de prisão foi expedido pela 8ª Vara Federal, com sede em Sousa, através do juiz Marcos Antonio.

O acusado foi condenado a pena superior a 5 anos, a ser cumprida inicialmente em regime semiaberto.

O agricultor é acusado de fazer parte de um grupo criminoso que obtinha empréstimos fraudulentos junto ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (PRONAF), fato ocorrido no ano de 2007.

Segundo a polícia, em 2009, ele já havia sido preso na “Operação Inapto” junto com mais outras pessoas, e depois passou a responder pelo processo em liberdade. Estima-se que o grupo causou um prejuízo aos cofres públicos superior a R$ 5,5 milhões.

O acusado foi preso nas proximidades da Delegacia de Pombal, e já foi encaminhado à Cadeia Pública da cidade.

DIÁRIO DO SERTÃO

Leia mais notícias policiais

Veja outras notícias em catoleagora.com

Siga a página Catolé Agora no Facebook

Para anúncios ou informações: WhatsApp (83) 9.9676-1272

Veja Também

Gracyanne Barbosa manda recado na web: “Aqui só tem paz”

Sempre musa! Gracyanne Barbosa usou a sua conta no Instagram para mandar recado na web em foto ...

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.