Home / Esporte / Botafogo-PB perde para o Remo e pode acabar a rodada fora do G4 da Série C
Foto: Voz da Torcida

Botafogo-PB perde para o Remo e pode acabar a rodada fora do G4 da Série C

Compartilhe:

O domingo não foi dos melhores para as mães botafoguenses. Pela quinta rodada do Grupo A da Série C, o Botafogo-PB foi derrotado de virada por 3 a 1 para o Remo, no estádio Almeidão.

+ Lyoto Machida repete Anderson Silva e apaga Vitor Belfort com chute frontal

No próximo sábado (18), o Botafogo-PB vai tentar se recuperar enfrentando o Santa Cruz, no Arruda. O Belo segue na quarta colocação do Grupo A, com 7 pontos, mas pode deixar o G4 caso a Cobra Coral vença o Globo-RN na segunda-feira (14), no fechamento da quinta rodada. O Remo também chega aos 7 pontos, e fica na quinta posição. Na próxima rodada o time do Pará vai receber o Confiança-SE.

A partida começou com o Belo indo para cima, se aproveitando da má fase vivida pelo adversário. E conseguiu armar uma boa trama aos 4 minutos, quando Marcos Aurélio recebeu no meio, na entrada da área, e tocou de cavadinha para Carlos Renato, que invadiu a área e chutou de pé esquerdo, mas Vinicius fez boa defesa.

No lance seguinte, a resposta paraense. Em cobrança de falta da entrada da área, Everton bateu de pé esquerdo, por baixo da barreira. Saulo espalmou e depois a defesa afastou o perigo.

Também em cobrança de falta, desta vez o Belo que quase marca. Do meio da rua, Marcos Aurélio soltou a bomba de pé direito, no ângulo do arqueiro paraense, que se esticou todo e fez uma defesaça para evitar o que seria um golaço.

Com o pé calibradíssimo, o camisa 10 botafoguense bateu nova falta da meio esquerda. A bola bateu na junção da trave e do travessão esquerdo de Vinícius, e na sobra, Mário Sérgio cabeceou para abrir o placar no Almeidão, aos 27 minutos.

Empolgado, aos 30, o Botafogo-PB chegou com Allan Dias pela direita. O meio campista cruzou para a área, onde Dico entrava livre de marcação, mas o baixinho pegou de canela na bola, e desperdiçou uma grande oportunidade de ampliar o marcador.

Aos 39 minutos, a defesa do Belo cochilou após cobrança de escanteio, Mimica subiu livre e cabeceou a bola para empatar o jogo.

Segundo tempo

Depois do intervalo foi correria para todo lado. As duas equipes queriam ficar a frente do marcador, e o ritmo era bastante intenso.

Aos 9 minutos, Marcos Aurélio encontrou Mário Sérgio passando por trás da defesa. O atacante invadiu a área e tocou na saída de Vinícius, que fechou o ângulo e mandou para escanteio.

Dois minutos depois, o Belo assustou de novo em uma subida de Allan Dias pela direita. Ele tocou a bola com precisão para o meio da área, mas Mário Sérgio não conseguiu chegar a tempo de encostar nela.

O Botafogo-PB pressionava, mas quem marcou foi o Remo. Aos 20 minutos, Isac cobrou lateral rapidamente, a defesa estava desatenta à bola que veio da esquerda, e Jayme aproveitou para escorar e marcar o gol da virada.

A noite não era das melhores para a retaguarda botafoguense. Aos 33, Isac subiu livre após cobrança de falta e Saulo fez uma defesaça, no canto esquerdo rasteiro. Mas, no rebote, Gabriel Lima apareceu sozinho e mandou de cabeça para o fundo da rede, marcando o terceiro gol dos paraenses.

O time da Maravilha do Contorno sentiu os gols tomados e não conseguiu reagir. Perto do fim da partida, a torcida entoou cânticos criticando a diretoria.

Antes do apito final, Rafael Jataí fez falta dura em Everton perto da linha lateral, recebeu o segundo amarelo e foi para o chuveiro mais cedo.

PARAÍBA ONLINE

 

Leia mais notícias do Esporte

Veja outras notícias em catoleagora.com

Siga a página Catolé Agora no Facebook

Para anunciar no Portal: WhatsApp (83) 9.9676-1272

Veja Também

Acordo libera combustível para abastecer postos na Paraíba

Uma reunião realizada na manhã desta quinta-feira (24) entre o comandante da Polícia Militar (PM), ...

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.