Home / Catolé do Rocha / Catoleense Chico César vence 29º Prêmio da Música Brasileira em evento que teve manifestação pró Lula

Catoleense Chico César vence 29º Prêmio da Música Brasileira em evento que teve manifestação pró Lula

Compartilhe:

Música e política dividindo o palco. O talento de Chico César brilhou. O cantor e compositor paraibano de Catolé do Rocha venceu a 29ª edição do Prêmio da Música Brasileira 2018 (PMB) na categoria melhor álbum de “Pop / Rock / Reggae / Hiphop / Funk” com o disco “Estado de Poesia – Ao Vivo”, lançado em CD e DVD em 2017 e produzido por Chico e Michi Ruzitschka. A cerimônia de premiação aconteceu na noite da quarta-feira (15) no Theatro Municipal do Rio De Janeiro.

+ Suspeito de arrombar uma ótica em Catolé do Rocha é preso e reconhecido em Campina Grande-PB

Chico César concorreu com Gal Costa, com o disco “Estratosférica – Ao Vivo” e com os Novos Baianos, com o disco “Acabou Chorare – Novos Baianos se Encontram”. Chico César é o único representante paraibano na lista dos indicados ao PMB 2018.

Chico também concorreu ao prêmio de melhor cantor na categoria “Pop / Rock / Reggae / Hiphop / Funk”, mas o troféu ficou com Lulu Santos. Também competia nesta categoria o cantor pernambucano Almério.

+ Chico César faz show com Orquestra Sinfônica no aniversário de João Pessoa

Esta edição do Prêmio da Música Brasileira homenageou o cantor Luiz Melodia, que morreu em agosto de 2017, aos 66 anos, vítima de um câncer.

A entrega do Prêmio da Música Brasileira, realizado no Theatro Municiapal do Rio na noite desta quarta-feira (15) contou com várias manifestações de apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O cantor e compositor Chico César, que ganhou na categoria de melhor álbum de pop/rock/reggae/hip-hop/funk, com “Estado de Poesia”, levantou a mão, formando um “L” com um polegar e um indicador.

O mesmo gesto foi feito por Criolo, Leci Brandão e o grupo Moacyr Luz e Samba do Trabalhador na entrega da categoria seguinte, samba.

PB AGORA

Deixe um Comentário

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.