Home / Destaque / Comerciante é baleado por ter apenas R$ 50 ao ser roubado, na Paraíba; vítima morreu no hospital

Comerciante é baleado por ter apenas R$ 50 ao ser roubado, na Paraíba; vítima morreu no hospital

Compartilhe:

Um comerciante foi ferido por um tiro no peito durante um assalto em Campina Grande, na noite desta terça-feira (9). Segundo a Polícia Militar, o assaltante ficou irritado porque a vítima só estava com R$ 50 no momento do crime. O comerciante está internado no Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande. O suspeito ainda não foi preso.

+76 mulheres foram assassinadas em 2017 na Paraíba

De acordo com as informações da Polícia Militar, o crime ocorreu no bairro Acácio Figueiredo, por volta das 20h30 (horário local). A vítima estava em uma lanchonete que fica na frente da casa dele, quando um homem chegou a pé e anunciou o assalto.

O bandido pegou alguns objetos do local, o celular da vítima e exigiu dinheiro. No momento do roubo, o comerciante estava com R$ 50 no caixa do estabelecimento. Segundo a Polícia Militar, o criminoso ficou irritado pelo fato da vítima não ter mais dinheiro e atirou no comerciante.

A vítima foi socorrida e levada para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande. Segundo a família relatou que o comerciante está internado em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Trauma de Campina Grande.

Vítima não resistiu

O comerciante de 29 anos que foi baleado por só ter R$ 50 no momento em que foi assaltado, morreu no Hospital de Trauma de Campina Grande na manhã desta quarta-feira (10). A morte foi confirmada pela assessoria de imprensa do hospital.

De acordo com as informações da assessoria de imprensa, o jovem estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e sofreu duas paradas cardíacas. O óbito ocorreu às 8h55 (horário local), mas a informação só foi divulgada às 11h.

G1 PB

Leia mais notícias da Paraíba

Veja outras notícias em catoleagora.com

Siga a página Catolé Agora no Facebook

Para anúncios ou informações: WhatsApp (83) 9.9676-1272

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.