Home / Sem categoria / Corinthians vence por 7 a 2 e garante classificação para as oitavas da Libertadores

Corinthians vence por 7 a 2 e garante classificação para as oitavas da Libertadores

Compartilhe:

O Corinthians passou com louvor pela última semana decisiva que teria até a parada para a Copa do Mundo. Após se classificar na Copa do Brasil e vencer o Derby no Brasileiro, a equipe goleou por 7 a 2 o Deportivo Lara, apesar de alguns sustos, e avançou às oitavas de final da Copa Libertadores da América. Os gols foram de Jadson (três vezes), Sidcley, Romero e Júnior Dutra (dois vezes). Reyes e Hernández descontaram.

+ Atlético de Madrid vence e conquista a Liga Europa pela terceira vez

Com o resultado, o clube do Parque São Jorge alcançou os dez pontos no Grupo 7 do torneio, não podendo mais ser alcançados tanto pelo Lara, que estacionou nos seis, quanto pelo Millonarios, que empatou por 1 a 1 com o Independiente, em Bogotá, e ficou com cinco. Os argentinos têm sete e são o motivo de o Timão ainda precisar de um ponto para assegurar a liderança.

Na próxima rodada, os comandados de Carille terão pela frente o Millonarios, na próxima quinta-feira, dia 24 de maio, às 21h30 (de Brasília), na Arena Corinthians, fechando sua participação no Grupo 7. Do outro lado, os venezuelanos seguem na sua busca pela vaga na próxima fase em duelo contra o Independiente, no mesmo horário, na Argentina.

Corinthians domina, mas relaxa

O Corinthians começou a partida impondo o seu jogo com bastante facilidade sobre o Lara. Seguindo a estratégia de Fábio Carille, que pediu para os atletas evitarem sair jogando com passes curtos e apostassem nas ligações diretas, o Alvinegro não demorou a construir uma vantagem.

Em contra-ataque puxado rapidamente por Pedrinho, o Timão se viu em uma incrível situação de 4 contra 2 no campo de ataque. Rodriguinho movimentou-se bem e abriu espaço para Jadson receber do garoto, limpar para o pé esquerdo e acertar belo chute, que ainda carimbou a trave antes de entrar.

O segundo poderia ter saído logo na sequência, quando Mantuan achou Rodriguinho livre dentro da área, mas o meia chutou por cima. Pouco depois, ainda dominante, os visitantes viram Rodriguinho ser derrubado infantilmente por Mendoza, dentro da área. Na cobrança, Jadson, depois de alguns minutos parado por causa de uma garrafa atirada no gramado, que atingiu o goleiro Curiel, bateu com segurança e ampliou o placar.

A facilidade com que o jogo se desenvolveu fez o Corinthians relaxar precocemente e deu ao Lara uma chance de trabalhar a bola. Depois de algumas chances perdidas por Ramírez e Hernández, o time da casa conseguiu diminuir antes do intervalo com Reyes. Após boa troca de passes na frente da área, o atacante chutou forte, no alto, sem chances para Cássio.

Domínio segue e termina em goleada

A conversa do intervalo pareceu o bastante para os corintianos voltarem a impor o seu ritmo de jogo. Em rápida triangulação pelo lado esquerdo, auxiliada pela péssima marcação da equipe local, Sidcley teve espaço para adiantar a bola cerca de 10m antes de cruzar. Jadson, livre na segunda trave, pegou de bate pronto e guardou seu terceiro na noite.

O tento deixou tudo paralisado no campo, mas não por fatores de jogo. Cássio reclamou de objetos sendo arremessados na sua área e o árbitro Andrés Cunha ordenou que o embate fosse pausado para que se acalmassem os ânimos no setor localizado atrás do gol corintiano, destinado às torcidas organizadas.

Depois de muita negociação e dez minutos de paralisação, o jogo foi retomado pelo juiz, dando chance para os visitantes continuarem a passear em campo. Depois de contragolpe com muito espaço, Jadson serviu Pedrinho, que cruzou rasteiro para Rodriguinho. O meia foi travado, mas a bola ficou para Sidcley chutar com tranquilidade para fazer o quarto.

O Timão voltou a dar uma relaxada com a vantagem, vendo o Lara novamente diminuir, dessa vez com Hernández. Os paulistas, porém, chegaram ao quinto tento com um lindo gol de Romero, batendo de voleio após cruzamento de Mantuan. Ainda deu tempo de Júnior Dutra, aos 55, puxar contra-ataque e bater na saída do goleiro, e, no minuto seguinte, dar números finais em rebote do goleiro e fechar a goleada.

GAZETA ESPORTIVA

 

Leia mais notícias do Esporte

Veja outras notícias em catoleagora.com

Siga a página Catolé Agora no Facebook

Para anunciar no Portal: WhatsApp (83) 9.9676-1272

Deixe um Comentário

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.