Home / Catolé do Rocha / Detento é morto dentro do presídio em Catolé do Rocha

Detento é morto dentro do presídio em Catolé do Rocha

Compartilhe:

Um homicídio foi registrado no final da manhã desta quinta-feira (07 de dezembro) dentro do presídio regional de Catolé do Rocha, sertão paraibano.

+ Jovem é morto a tiros na noite desta segunda-feira em Catolé do Rocha

Segundo informações, um detento foi assassinado com vários golpes de espetos efetuados por outros detentos dentro de uma cela.

A vítima foi identificada como sendo Alexandre Pereira de Lima, de 35 anos de idade, natural de Patos-PB. Ele,que cumpria pena por homicídio,havia sido transferido da Colônia penal de Sousa para Catolé do Rocha há cerca de 4 anos atrás.

Os três detentos suspeitos do homicídio já foram identificados. Eles alegaram que praticaram o crime em legítima defesa.

Os órgãos competentes irão apurar o caso.

CATOLÉ AGORA

Leia mais notícias em catoleagora.com

Siga a página Catolé Agora no Facebook

Para anúncios ou informações: WhatsApp (83) 9.9676-1272

Veja Também

3 apostas dividem prêmio de R$ 12 milhões da Mega-Sena

Três pessoas acertaram as seis dezenas do sorteio da Mega-Sena deste sábado (13), válido pelo ...

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.