Home / Destaque / Dupla é presa acusada de integrar quadrilha de roubos a agências de Correios no RN

Dupla é presa acusada de integrar quadrilha de roubos a agências de Correios no RN

Compartilhe:

Agentes Civis da Divisão de Polícia do Oeste “Divpoe”, sob o comando do Delegado Renato Oliveira prenderam na tarde de terça feira, 10 de outubro, Miqueias de Melo Felix e Franco Rodrigues Alves “Paulista” suspeitos de envolvimento em assaltos a instituições financeiras. Com eles a policia encontrou um Jeep Renegade roubado com placas QGK 3945, mas que estava adulterado.

+ Motorista da prefeitura é morto a tiros em Patú-RN

O veículo, segundo o Delegado Renato Oliveira, no momento da apreensão se encontrava com as placas clonadas, QGL 6537.

Os policiais apreenderam ainda cartelas de munição calibre 38, colete a prova de balas (o colete foi reconhecido como sendo de uma empresa de segurança que presta serviços aos correios e o mesmo teria sido subtraído), diversos produtos, provavelmente provenientes de roubo a sacoleiros, diversas placas de carros roubados e de outros carros sem queixa de roubos, espelho de CRLV em branco (provavelmente para clonar os carros roubados) entre outros objetos.

Segundo o Delegado, outros elementos da quadrilha já foram identificados e a prisão deles será questão de tempo. Renato lembra ainda, que o trabalho apresentado é fruto de várias semanas de investigação de sua equipe.

O grupo é suspeito de diversos roubos a agências de Correios, sacoleiros e a veículos na região Oeste do Rio Grande do Norte.

O CÂMERA

© Leia mais notícias em www.catoleagora.com, ou siga a página Catolé Agora no Facebook.

Para informações ou anúncios, entre em contato com o Portal Catolé Agora pelo WhatsApp: (83) 9.9676-1272

Veja Também

Idoso é esfaqueado no pescoço após reagir a um assalto em João Pessoa

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.