Home / Destaque / Elemento resgatado do presídio PB1 na Paraíba é recapturado em Mossoró

Elemento resgatado do presídio PB1 na Paraíba é recapturado em Mossoró

Compartilhe:

Jonathan Ricardo de Lima Medeiros, “Dom”, de 27 anos de idade foi preso no final da tarde de hoje, 24 de setembro na BR 304 em Mossoró em Operação conjunta da Polícia Rodoviária Federal, que realizava fiscalização nas BR’s e solicitou apoio da Polícia Militar, para abordar o veículo que o suspeito trafegava.

+ Colisão entre carros deixa três mortos e um gravemente ferido na BR 110 em Upanema, RN

Dom cumpria pena de 47 anos de prisão e foi resgatado de um presidio de segurança máxima na cidade de João Pessoa no dia 10 de setembro, quando bandidos utilizando-se de explosivos e armamentos pesados, explodiram o presídio paraibano.

Ele trafegava pelo BR 304, em Mossoró acompanhado de outros três elementos e no momento da abordagem apresentou documentação falsificada. O mesmo foi encaminhado a Delegacia de Plantão e depois dos procedimentos deverá ser encaminhado para um dos presídios da região.

Histórico do acusado:
No estado da Paraíba, Jonathan Ricardo de Lima Medeiros é acusado de envolvimento em assaltos violentos com utilização de explosivos, crimes de homicídios, sequestros, roubo a casas lotéricas e trafico de drogas. O mesmo foi preso pela policia da Paraíba logo após um assalto a um caixa eletrônico, sendo flagrado com uma pistola e conduzindo bananas de dinamites. Segundo informações, o elemento tem ligação com a facção criminosa PCC.

O CÂMERA

Leia mais notícias do RN

Veja outras notícias em catoleagora.com

Deixe um Comentário

Deixe uma resposta

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.