Home / Destaque / Em Cuiabá, Fluminense goleia reservas do Flamengo pela Taça Rio
Foto: Globo Esporte

Em Cuiabá, Fluminense goleia reservas do Flamengo pela Taça Rio

Compartilhe:

O Fluminense passeou na Arena Pantanal na tarde deste sábado e goleou com facilidade um time de reservas do Flamengo pela segunda rodada da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca. Co a esteria na Libertadores marcada para a próxima quarta-feira, o técnico Paulo César Carpegiani escalou um time com nove reservas e acabou vendo seu time perder de 4 a 0 em Cuiabá.

+ FIFA divulga lista das 50 maiores torcidas do mundo; 15 são brasileiras

Marcos Junior (2), Gilberto e Pedro marcaram os gols do Fluminense, que agora lidera o grupo C da Taça Rio com 6 pontos em dois jogos. Mesmo com a derrota, o Flamengo ainda segue líder do grupo B com 3 pontos, mas pode perder a posição no complemento da rodada neste domingo e segunda-feira.

O Flamengo volta a campo na quarta-feira para a estreia na Libertadores contra o River Palte, da Argentina. O jogo será no Rio de Janeiro, mas sem torcida. Já o Flu tem compromisso pela terceira fase da Copa do Brasil na quinta-feira, contra o Avaí, também no Rio.

+ Botafogo/PB é goleado pelo Atlético/MG e está eliminado da Copa do Brasil

O Flamengo volta a entrar em ação pelo Carioca no próximo sábado, quando encara o Botafogo, em casa. No domingo, o Flu pega o Volta Redonda, também em casa.

O jogo

 A partida na Arena Pantanal mal começou e já teve rede balançando. Junior Sornorza dominou na intermediária pela esquerda e lançou Marcos Junior na entrada da área. O volante Romulo tentou cortar mas falhou feio com uma furada que acabou matando seu companheiro Léo Duarte na jogada. A bola sobrou limpa para o atacante do Flu bater cruzado e abrir o placar com apenas um minuto.

O Flamengo tentou não se abater com o gol, mas a formação alternativa escalada por Paulo César Carpegiani tinha muitas dificuldades na criação de jogadas, e sofria com a falta de entrosamento. Mesmo assim, aos cinco, a bola quase entrou. Vinícius Júnior deu belo toque para Trauco na esquerda do ataque. O lateral levantou na área e Felipe Vizeu escorou para Marlos acertar chute na trave de Júlio César.

O Fluminense, entretanto, era melhor em campo e mantinha pressão sobre a saída de bola do Fla. Aos 17, na cobrança de um escanteio pela esquerda, ampliou. Sornoza levantou na área, Trauco não consegue afastar e a bola sobra para Pedro mandar para o fundo da rede.

Com dois a zero em menos de 20 minutos, o Flamengo já mostrava sinais de desânimo, mas ainda tentava. Aos 23, Trauco fez lançamento longo e achou Vizeu na entrada da área. O atacante tocou de cabeça para Vinícius Jr., que ajeitou e mandou um balaço por cima do travessão.

O Flu chegou com perigo aos 27 com Jadson, que recebeu na área pela direita e tentou a conclusão, mas a bola subiu demais. Aos 42, Marlos recebe aberto na ponta esquerda, sem marcação, e cruza na área. Marcos Juinior acerta chute de primeira e Diego Alves defende. No rebote, Gilberto só empurra para o gol e faz o terceiro.

Carpegiani fez duas modificações no intervalo para tentar mudar o panorama da partida. Saíram Romulo e Marlos para as entradas de Jean Lucas e Geuvânio. As alterações deram novo ânimo ao Rubro-Negro, mas não foram suficientes para parar o Tricolor. Com Marcos Junior e Gilberto em grande fase, e aproveitando as falhas de marcação do lado esquerdo da defesa do Flamengo, o Flu continuou mandando no jogo e ampliou a goleada aos 10 minutos. Sornoza abriu para Gilberto completamente livre na direita, o atacante avançou e mandou na área, encontrando Marcos Junior, que entrou em diagonal e desviou de cabeça para fazer o seu segundo gol da tarde e o quarto do Fluminense.

Com 4 a 0, o Flamengo se perdeu em campo. Carpegiani ainda tirou o lateral Trauco para colocar o zagueiro Patrick, na tentativa de reforçar a marcação pelo lado esquerdo, mas sem um setor de criação e com o Flu bem postado na defesa, o Fla não conseguia chegar perto do gol adversário.

Se o jogo serviu alguma coisa para o Rubro-Negro, foi para dar ritmo ao goleiro Diego Alves, que retornou de longa ausência por lesão na última quarta-feira. O goleirão garantiu o placar até o final. Aos 31, foram duas grandes defesas. Tabela do ataque do Flu, Gilberto enfiou para Pedro, que ficou cara a cara mas parou na saída providencial do goleiro. Na sequência, Sornoza chutou de dentro da área e Diego Alves mais uma vez salvou o Fla.

Cinco minutos depois, outro lance de muito perigo. Gilberto cruzou da direita, Thuler afastou de cabeça e Marlon aproveitou o rebote e tentou o chute de fora da área. Sornoza desviou e a bola passou rente ao travessão. A situação ficou ainda mais complicada para o Flamengo aos 38, quando Cuellar recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso. No final, os 4 a zero ficaram barato para o Rubro-Negro.

GAZETA ESPORTIVA

Leia mais notícias do Esporte

Veja outras notícias em catoleagora.com

Siga a página Catolé Agora no Facebook

Para anúncios ou informações: WhatsApp (83) 9.9676-1272

Veja Também

Polícia Militar usa helicóptero e oito viaturas em operação na cidade de Sousa

O helicóptero “Acauã” do Grupamento Tático Aéreo da Polícia Militar da Paraíba, sobrevoou nesta sexta-feira ...

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.