Home / Destaque / Em defesa ao TSE, Luciano Huck reitera que não vai disputar eleição
© Bloomberg

Em defesa ao TSE, Luciano Huck reitera que não vai disputar eleição

Compartilhe:

Os advogados do apresentador da TV Globo Luciano Huck  entregaram nesta quarta-feira (7) ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a defesa no processo em que ele é acusado pelo PT de ter promovido sua pré-candidatura durante um programa de TV no início de janeiro.

+ “Não haverá passagem de governo, e fico até o final”, diz Ricardo Coutinho

De acordo com os jornais Folha de S. Paulo e Estado de S. Paulo, a defesa de Huck reiterou que o empresário não será candidato a qualquer cargo nas eleições de 2018 e pediu o arquivamento da representação.

Segundo a Folha, a defesa argumenta que a ida do apresentador ao ‘Programa do Faustão’, da TV Globo, foi “produção de entretenimento e que os rumos do país, tema de parte da entrevista, são preocupações de todo brasileiro”.

Apesar das negativas de Huck sobre sua participação nas eleições, políticos e empresário apoiam uma eventual candidatura de Huck. Nesta semana, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) voltou a endossar que aprova a ideia. Em entrevista à Rádio Jovem Pan, ele afirmou que o apresentador seria uma boa opção para arejar a política no Brasil.

Entenda o caso

No dia 8 de janeiro, o deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) e o senador Lindbergh Farias (PT-RJ) entraram com uma representação no TSE contra a TV Globo e os apresentadores Fausto Silva e Luciano Huck por abuso dos meios de comunicação e de poder econômico.

Os parlamentares alegam que a participação do empresário no Programa do Faustão no dia anterior foi destinada a discutir a questão política, colocando Luciano como uma figura “capaz de mudar a realidade vigente (…), diferente de tudo e de todos que aí se encontram”.

No processo, os deputados acusam a emissora de promover a pré-candidatura de Huck de forma direta, o que poderia causar “interferência antecipada na lisura e na igualdade da disputa presidencial”.

VEJA.COM

Leia mais notícias da política

Veja outras notícias em catoleagora.com

Siga a página Catolé Agora no Facebook

Para anúncios ou informações: WhatsApp (83) 9.9676-1272

Deixe um Comentário

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.