Home / Catolé do Rocha / Empresário Francisco Balduíno de Andrade (POCA) acaba de falecer em Catolé do Rocha

Empresário Francisco Balduíno de Andrade (POCA) acaba de falecer em Catolé do Rocha

Compartilhe:

O empresário catoleense Francisco Balduíno de Andrade, o POCA proprietário da Indústria de Alumínio Balduíno, faleceu na manhã desta segunda-feira (19 de novembro), vítima de um enfarte.

+Projeto para transformar a escola João Suassuna em escola integral deixa professores e alunos insatisfeitos

Como fazia praticamente todos os dias, POCA tinha ido a sua fazenda Arvoredo que fica localizado a cerca de 20 quilômetros, na zona rural leste de Catolé do Rocha, e quando retornava para a cidade, por volta das 09h30, em companhia do seu motorista, sentiu uma forte dor no peito, sendo socorrido às presas para o Hospital Regional de Catolé do Rocha, onde deu entrada no setor de urgência.

A equipe médica de plantão tentou de todas as formas possíveis reanimarem o empresário, mas o mesmo não resistiu vindo a óbito por volta das 10h20. De acordo com as informações preliminares, POCA sofreu um enfarte fulminante.

Francisco Balduíno de Andrade nasceu em Catolé do Rocha e tinha 58 anos. Era filho de Antônio Balduino, que foi o fundador e pioneiro da fabricação de artefatos de alumínio nesta região.

Tinha grande tino para o comércio, e se tornou um competente industrial, conseguindo transformar a pequena empresa que herdou de seu pai, numa das maiores fabricas de artefato de alumínio do nordeste.

O corpo de POCA está sendo velado na residência dele, localizada à Rua Floriano Peixoto (vizinho a casa do prefeito Leomar), no centro de Catolé do Rocha.

O sepultamento ocorrerá nesta terça-feira (20 de novembro).

CATOLÉ NEWS

Leia mais notícias de Catolé do Rocha

Veja outras notícias em catoleagora.com

Deixe um Comentário

Deixe uma resposta

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.