Home / Mundo / Enfermeiro admite ter matado 100 pacientes em hospital na Alemanha
Foto: Julian Stratenschulte/Reuters

Enfermeiro admite ter matado 100 pacientes em hospital na Alemanha

Compartilhe:

Um enfermeiro alemão admitiu ter matado 100 pacientes com drogas que causavam ataques cardíacos na intenção de tentar ressuscitá-los, durante julgamento na cidade de Oldenburg, na Alemanha, nesta terça-feira (30). As informações são do jornal inglês The Sun.

+ Trem atinge multidão na Índia e deixa mais de 50 mortos

Niels Hoegel, 41, está cumprindo uma sentença de prisão perpétua por dois assassinatos e foi à tribunal para responder acusações dos assassinatos que cometeu enquanto trabalhava em dois hospitais no país. 

De acordo com o jornal, os promotores afirmaram que a motivação do enfermeiro era impressionar os colegas de trabalhando tentando ressuscitar pacientes que ele havia matado. 

Hoegel foi condenado por 38 assassinatos em Oldenburg e 62 em Delmenhorst, mas investigadores afirmaram que o número de assassinatos pelo enfermeiro pode ser maior já que algumas vítimas foram cremadas.

O enfermeiro foi condenado inicialmente por tentativa de homicídio em 2008, mas em 2015, um segundo julgamento considerou o enfermeiro culpado de dois assassinatos e duas tentativas de homicídio.

O caso faz dele um dos piores serial killers da Alemanha desde a última guerra, de acordo com a publicação. 

R7

Leia mais notícias do mundo

Veja outras notícias em catoleagora.com

Deixe um Comentário

Deixe uma resposta

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.