Home / Geral / Estabelecimentos terão que ter sistema de alerta para atender deficientes, na PB

Estabelecimentos terão que ter sistema de alerta para atender deficientes, na PB

Compartilhe:

A Assembleia Legislativa da Paraíba aprovou nesta terça-feira (8), o projeto de Lei nº 1.211/2017, de autoria do deputado Jutay Meneses (PRB), que determina aos estabelecimentos públicos e privados, no âmbito do Estado, a dispor, em suas salas de espera, de sistema de chamada para atendimento ao público acessível aos portadores de necessidades especiais. Esses sistemas seriam dotados de alertas visuais e avisos sonoros, indicando o nome do cliente, usuário ou paciente e ou o número da senha.

+ Patrimônio de brasileiro fundador do Facebook atinge R$ 28,5 bilhões

+ Nova lei obriga hospitais alimentar acompanhantes de pacientes

“Nossa intenção é promove a autonomia e a inclusão social do portador de deficiência auditiva e visual em todo o Estado e, assim, garantir o respeito à dignidade da pessoa humana e o direito à acessibilidade”, destacou o deputado.

Jutay explicou que os estabelecimentos que se utilizarem de senhas impressas deverão disponibilizar também em braile. O descumprimento da lei acarreta advertência e gera multa, no caso de reincidência, de R$ 1.000,00 até R$ 15.000,00 graduada de acordo com a condição econômica do empreendedor. A multa será reatualizada anualmente pela variação do IPCA.

MAIS PB

Veja outras notícias em www.catoleagora.com

Acompanhe também nossas notícias no Facebook.

Contato com o Catolé Agora: WhatsApp (83) 9.9676-1272

Veja Também

Romã e uva passa afastam sinais de envelhecimento; entenda

Algumas frutas possuem propriedades que ajudam a combater o envelhecimento precoce, entre elas está o ...

Comentários no Facebook