Home / Destaque / Ex-prefeito de B. Brejo do Cruz é suspeito de construir casas em terrenos doados pelo Dnocs

Ex-prefeito de B. Brejo do Cruz é suspeito de construir casas em terrenos doados pelo Dnocs

Compartilhe:

Um ex-prefeito de Belém de Brejo do Cruz, no Sertão da Paraíba, é alvo de um inquérito do Ministério Público Federal na Paraíba (MPF-PB) suspeito de ter usado “laranjas” para se beneficiar da doação de terrenos do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs) para construção de imóveis do programa Minha Casa Minha Vida.

+ Ex-prefeito de Imaculada tem condenação por improbidade confirmada no TJ-PB

Conforme inquérito instaurado pelo procurador Eliabe Soares da Silva, da procuradoria do MPF em Sousa, também no Sertão, o suposto esquema do ex-prefeito Germano Lacerda da Cunha foi denunciado por um grupo de vereadores de Belém do Brejo do Cruz. Por meio de nota, o procurador informou que, pelo fato do inquérito estar em uma fase inicial, vai aguardar as diligências para se pronunciar a respeito do caso.

O procedimento foi publicado no Diário Eletrônico do MPF no dia 12 de setembro. De acordo com a publicação, o prefeito teria se apropriado dos terrenos usando nomes de laranjas para construir imóveis e vendê-los por meio do programa Minha Casa Minha Vida. O G1 conseguiu contato com o filho de Germano Lacerda, mas ele preferiu não se pronunciar sobre o caso.

G1 PB

© Leia mais notícias em www.catoleagora.com, ou siga a página Catolé Agora no Facebook.

Para informações ou anúncios, entre em contato com o Portal Catolé Agora pelo WhatsApp: (83) 9.9676-1272

Veja Também

Foragido da Justiça é capturado por policiais do 6º BPM em Monte Horebe

Policias Militares do Pelotão de Bonito de Santa Fé, capturaram mais um foragido da justiça, ...

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.