Home / Catolé do Rocha / Foragido da Justiça da comarca de Catolé do Rocha é preso em Santa Catarina

Foragido da Justiça da comarca de Catolé do Rocha é preso em Santa Catarina

Compartilhe:

Após um intenso trabalho investigativo, realizado pelo chefe de investigação da 8ª DRPC de Alexandria-RN, em conjunto com a Polícia Civil de Santa Catarina, foi preso na manhã desta sexta-feira(13) na cidade de São João Batista, no Estado de Santa Catarina, a pessoa de Antonny Nascimento Vieira, 30 anos, conhecido como Mancha ou Anta.

+Mulher é presa ao tentar entrar com drogas nas partes íntimas no presídio de Catolé do Rocha

Antonny é suspeito de furtos ocorridos em Alexandria-RN e roubo na zona rural de Bom Sucesso, no vizinho Estado da Paraíba, onde existe em seu desfavor um mandado de prisão em aberto na Comarca de Catolé do Rocha-PB.

O chefe de investigação da Delegacia de Polícia civil de Alexandria-RN, que esteve à frente das investigações, disse que não foi fácil descobrir o paradeiro do Mancha, que estava trabalhando em uma loja de calçados na cidade onde foi localizado.

Diante das informações, repassou a Polícia Civil da cidade catarinense que localizou o foragido e deram voz de prisão e se encontra à disposição da Justiça paraibana.

Por fim, o chefe de investigação da polícia civil potiguar ressaltou a importância do trabalho em conjunto entre as policias do RN e SC foi fundamental para captura do foragido.

BLOG NOSSO PARANÁ RN

Leia mais notícias de Catolé do Rocha

Veja outras notícias em catoleagora.com

Siga a página Catolé Agora no Facebook

Para anunciar no Portal: WhatsApp (83) 9.9676-1272

Deixe um Comentário

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.