Home / Catolé do Rocha / Foragido da Justiça, suspeito de roubos em Catolé do Rocha é preso em Patos com carro roubado

Foragido da Justiça, suspeito de roubos em Catolé do Rocha é preso em Patos com carro roubado

Compartilhe:

Por volta das 05 horas deste domingo (18/06), a Polícia Militar da cidade de Pombal, no Sertão da Paraíba, prendeu um homem suspeito de realizar roubos nas cidades de Catolé do Rocha e de São Bento, ambas no Sertão do Estado; com o suspeito foi apreendido um carro roubado.

VEJA TAMBÉM:

De acordo com informações enviadas a reportagem do HW COMUNICAÇÃO, o criminoso identificado como Ailton Júnior Alves de Lima, natural de Campina Grande, teria passado na cidade de Pombal, onde não obedeceu a ordem de parada dada pela Polícia Militar, fato que gerou uma intensa perseguição pela rodovia federal BR 230.

Guarnições da PM de São Bentinho e de Condado também tentaram interceptar o suspeito que conseguiu fugir do cerco policial sendo pego logo depois com apoio da PM da cidade de Patos.

Em contato com nossa reportagem, o Subtenente da Polícia Militar de Pombal, Avelino, informou que foi necessário efetuar disparos contra o veículo, vindo a balear o criminoso que acabou tendo que parar o carro.

Após parar o carro, a PM constatou que contra o acusado havia um mandado de prisão expedido pela Vara de Execuções Penais de Campina Grande.

À PM, o acusado disse que havia comprado o carro em Catolé do Rocha, a uma pessoa de prenome Alisson por R$ 3 mil; o suspeito disse ainda que tinha passagem pela polícia por furto e receptação.

O suspeito foi socorrido para o Hospital Regional de Patos (HRP), onde ficará preso sob custódia da polícia, após receber alta médica será encaminhado a Delegacia de Patos e logo depois para o Presídio Romero Nóbrega, onde aguardará transferência para Campina Grande.

CATOLÉ AGORA, com HENIO WANDERLEY

 

 

 

 

 

Veja outras notícias em www.catoleagora.com

Acompanhe também nossas notícias no Facebook.

Deixe um Comentário

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.