Home / Brasil / Fugitivo do PB1 e chefe de organização criminosa é recapturado no estado de Alagoas

Fugitivo do PB1 e chefe de organização criminosa é recapturado no estado de Alagoas

Compartilhe:

Uma operação policial prendeu na manhã deste sábado (17), no município de Japarantinga, em Alagoas, um dos chefes de uma organização criminosa do estado da Paraíba.

+ SUS dá prazo de mais de 30 anos para fazer exame de paciente, em SC

A informação foi divulgada ao G1 pela Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) de Alagoas. Participaram da ação equipes do 6º Batalhão de Polícia Militar de Maragogi e também da Polícia Federal.

O suspeito foi identificado como Flávio de Lima Monteiro, conhecido como “Fatoka”. Segundo as investigações, ele fugiu do Presídio de Segurança Máxima da Paraíba no dia 10 de setembro com outros 92 detentos.

Os serviços de Inteligência da PM e PF receberam uma denúncia anônima de que traficantes estariam se passando por veranistas e estavam escondidos em uma residência em Japaratinga. A prisão de Fatoka aconteceu nesta casa.

No momento da abordagem, Fatoka apresentou um documento de identidade falso, em nome de Gileno Freire Rodrigues.

Então, a PM alagoana entrou em contato com a seccional da PF na Paraíba e, descobriu que na verdade, o homem abordado se tratava de Fatoka.

O suspeito possui dois mandados de prisão em aberto. Ele é apontado como um chefes e dava ordens de dentro do presídio.

Fatoka foi autuado na Delegacia de Matriz do Camaragibe por posse de documentos falsos e a prisão será comunicada à Secretária de Segurança Pública da Paraíba para que sejam tomadas as devidas providências.

G1 AL

Leia mais notícias do Brasil

Veja outras notícias em catoleagora.com

Deixe um Comentário

Deixe uma resposta

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.