Home / Destaque / Grupo cearense suspeito de assaltos a bancos é preso em Mossoró com arma de grosso calibre e explosivos

Grupo cearense suspeito de assaltos a bancos é preso em Mossoró com arma de grosso calibre e explosivos

Compartilhe:

Agentes da Divisão de Polícia do Oeste “Divpoe” sob a coordenação do Delegado Renato Oliveira, prenderam na tarde de ontem, 20 de junho, três cearenses suspeitos de participar de uma quadrilha especializada em assaltos a instituições financeiras.

Mulher comete suicídio ingerindo ácido muriático em Caicó-RN

Uma denuncia anônima levou a equipe da Divpoe a uma residência no Conjunto Vingt Rosado onde foram localizadas quatro bananas de dinamites, cordão detonante e uma escopeta calibre 12 de repetição com capacidade para oito munições. Dois carros, sendo um Celta e um Gol também foram apreendidos durante a ação da Divpoe.

Delanio Maia Fernandes, carpinteira 30 anos de idade, natural de Tabuleiro do Norte no Ceará, tem um mandado por Crime Tentado Homicídio Simples Homicídio Qualificado.

José Eliano da Silva Maia e Roniel Maia de Almeida, de 20 anos de idade, todos naturais e residentes em Tabuleiro do Norte no estado do Ceará.

Segundo o Delegado Renato Oliveira, Delanio é acusado de envolvimento em roubo a bancos, pistolagem e sequestros no estado do Ceará. No Rio Grande do Norte ele é suspeito de um homicídio contra uma mulher na cidade de Alto Rodrigues.

Os três cearenses presos e o material apreendido foram encaminhados à sede da Divisão de Polícia do Oeste e depois de ouvidos pelo Delegado Renato Oliveira, deverão ficar a disposição da Justiça na Cadeia Publica Juiz Manoel Onofre de Souza em Mossoró.

O CÂMERA

Leia mais notícias do RN

Veja outras notícias em catoleagora.com

Siga a página Catolé Agora no Facebook

Para anunciar no Portal: WhatsApp (83) 9.9676-1272

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.