Home / Mundo / Homem é condenado a maior pena da história: quase 500 anos de prisão

Homem é condenado a maior pena da história: quase 500 anos de prisão

Compartilhe:

Um homem foi condenado a 472 anos de prisão, nos Estados Unidos, por tráfico sexual de menores, informou o The Independent.

+ Robert Mugabe renuncia à presidência do Zimbábue após 37 anos no poder

Brock Franklin, de 31 anos, geria um grupo de tráfico humano, sobretudo de menores, que atacava as suas vítimas, inicialmente, através das redes sociais.

Depois desta primeira abordagem e de se encontrarem com as crianças e mulheres, o grupo drogava e ameaça com violência as vítimas, que eram obrigadas a ter relações sexuais com os clientes do grupo. Esta relações aconteciam, sobretudo, em hotéis no Colorado.

O líder do grupo foi condenado por 30 crimes, incluindo tráfico de menores, tráfico humano e prostituição infantil.

No total ele recebeu a pena de 472 anos de prisão, a maior pena da história dos Estados Unidos em crimes desta natureza. 

NOTÍCIAS AO MINUTO

Leia mais notícias em catoleagora.com

Siga a página Catolé Agora no Facebook

Para anúncios ou informações: WhatsApp (83) 9.9676-1272

Veja Também

Paraibana morre atropelada quando seguia em sua bicicleta em MG

A conceiçãoense, Adriana Fernandes Rodrigues, 36 anos de idade, morreu vítima de um acidente, envolvendo ...

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.