Home / Policial / Homens acusados de repassarem cédulas falsas são levados à Delegacia na Região de Cajazeiras

Homens acusados de repassarem cédulas falsas são levados à Delegacia na Região de Cajazeiras

Compartilhe:

Policiais Militares da Companhia de Polícia de São José de Piranhas, efetuaram no final da tarde desta quarta-feira (13), a prisão de Mateus Rodrigues de Albuquerque, de 20 anos e a apreensão de um adolescente. Segundo informações, a dupla tinha minutos antes tentado repassar cédulas falsas no comercio de Monte Horebe.

+Polícias Civil e Militar realizam ação integrada e prendem em Fagundes suspeito por roubo majorado

Segundo as vítimas, os suspeitos tentaram comprar um boné, no entanto as comerciantes desconfiaram das cédulas e acionaram a PM através do número de emergência. Os policiais ao iniciaram as diligencias, localizaram os suspeitos já na cidade de São José de Piranhas.

Os acusados foram abordados e com eles encontrados duas cédulas falsas, sendo uma de 100,00 e outra de 50,00 reais.

A dupla foi reconhecida pelas vítimas, e logo em seguida levada para a Delegacia de Polícia Civil de São José de Piranhas para as providencias cabíveis ao caso.

SERTÃO INFORMADO

© Leia mais notícias em www.catoleagora.com, ou siga a página Catolé Agora no Facebook.

Para informações ou anúncios, entre em contato com o Portal Catolé Agora pelo WhatsApp: (83) 9.9676-1272

 

Deixe um Comentário

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.