Home / Mundo / Justiça russa confirma proibição de Testemunhas de Jeová no país

Justiça russa confirma proibição de Testemunhas de Jeová no país

Compartilhe:

O Supremo Tribunal russo confirmou nesta segunda-feira (17) a sua decisão de proibir a atuação de Testemunhas de Jeová no país. A organização, considerada “extremista” na Rússia, havia sido proibida anteriormente e entrou com recurso contra a decisão.

+ Canadá lança moeda que brilha no escuro

+ Vaticano proíbe hóstias sem glúten e vinho de ‘origem duvidosa’ em missas

Para o ministério da Justiça russo, as Testemunhas de Jeová são “uma ameaça para os direitos das pessoas, da ordem pública e da segurança pública”.

A decisão anunciada em 20 de abril deste ano estaria gerando uma onda de discriminação contra a entidade e seus seguidores, que passaram a ser considerados extremistas. O advogado dos Testemunhas de Jeová, Viktor Zhenkov, contou à “Sputnik” que as “testemunhas” têm enfrentado problemas na vida cotidiana, alguns foram despedidos.

O advogado assegurou que “ainda não é o fim”. “Vamos apelar da decisão diante da Corte Europeia de Direitos Humanos” (CEDH), adiantou.

“Mesmo esperando uma decisão negativa, é de toda forma decepcionante”, desabafou o porta-voz internacional das Testemunhas de Jeová, David. A. Semonian, à “AFP”.

NOTÍCIAS AO MINUTO

Veja outras notícias em www.catoleagora.com

Acompanhe também nossas notícias no Facebook.

WhatsApp: (83) 9.9676-1272

Veja Também

Romã e uva passa afastam sinais de envelhecimento; entenda

Algumas frutas possuem propriedades que ajudam a combater o envelhecimento precoce, entre elas está o ...

Comentários no Facebook