Home / Paraíba / Justiça solta 06 presos em operação, entre eles o esposo e o irmão da secretária de saúde de Sousa

Justiça solta 06 presos em operação, entre eles o esposo e o irmão da secretária de saúde de Sousa

Compartilhe:

O Juiz da 1ª Vara da Comarca de Sousa, José Normando Fernandes, revogou a prisão temporária de seis pessoas presas na “Operação Mordaça”, ocorrida no dia 29 de novembro onde a polícia civil apura o crime de tentativa de homicídio contra o Servidor do SAMU de Sousa, Gervásio Bernardo ocorrido no dia 20 de setembro deste ano quando a vítima estava chegando em casa.

A ação foi deflagrada com o nome de Operação Mordaça, pelo fato da Polícia Civil suspeitar que a tentativa de homicídio teve o objetivo de intimidar o funcionário, pelas denúncias feitas. Entre as irregularidades, o funcionário denunciou perseguição aos servidores e corte nos salários.

A justiça encaminhou os alvarás de soltura e foram soltos nesta quinta-feira (07), Francisco Vital (Nestor Cigano), Cícero Romão, Pedro Alves Cabral (Dão Cigano), Pedro Bernardo Cabral (Reizinho, filho de Dão Cigano), Rommel Dantas (esposo da secretária de saúde, Amanda Silveira) e Marllon Silveira (irmão de Amanda Silveira).

Delegado revela que esposo de secretária de saúde encomendou a morte de servidor do SAMU

Polícia realiza operação na casa de secretária de Sousa

Servidor público de Sousa é agredido a pauladas e sofre tiro na perna

O único que permaneceu preso foi o suspeito Cícero Cristiano, já que contra o mesmo existe um mandado de prisão expedido pela Justiça de Pernambuco.

DIÁRIO DO SERTÃO

Leia mais notícias em catoleagora.com

Siga a página Catolé Agora no Facebook

Para anúncios ou informações: WhatsApp (83) 9.9676-1272

Deixe um Comentário

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.