Home / Policial / Mãe e filha são presas suspeitas de tráfico de drogas na Capital

Mãe e filha são presas suspeitas de tráfico de drogas na Capital

Compartilhe:

Agentes da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) de João Pessoa, prenderam nesta quarta feira (6), Maria da Penha Calu de Oliveira, 53 anos, e a sua filha  Ana Carla de Oliveira Pereira, 27 anos, com 125 papelotes de uma substância semelhante à cocaína, 65 trouxinhas de maconha e 80 pedra de crack. As prisões foram realizadas na residência das duas mulheres, localizada na Rua Emanuel Arruda Cavalcanti, no Bairro São José.

Maria da Penha foi surpreendida cortando e embalando alguns papelotes de maconha. Já Ana Carla ainda tentou correr e jogar parte das drogas por cima do muro, mas foi impedida pelos policiais. Durante as buscas na casa, os agentes encontraram mais drogas na cozinha escondidas por trás do botijão de gás. As duas mulheres foram encaminhadas para a Delegacia de Repressão a Entorpecentes.

“Durante o depoimento elas negaram o comércio de drogas, mas não há dúvidas por que as duas já estavam sendo monitoradas, inclusive Maria da Penha estava embalando os entorpecentes na hora que chegamos lá e a filha dela foi flagrada tentando se livrar das drogas. Agora vamos continuar investigando para saber de quem elas compraram estas drogas”, falou o delegado da DRE, Braz Morroni.

Maria da Penha e a filha Ana Carla foram autuadas pelos crimes de tráfico ilícito de entorpecentes e associação criminosa ao tráfico. Elas estão recolhidas na carceragem da Central de Polícia no Geisel e vão permanecer lá até a apresentação na audiência de custódia.

CLICK PB

Leia mais notícias em catoleagora.com

Siga a página Catolé Agora no Facebook

Para anúncios ou informações: WhatsApp (83) 9.9676-1272

Veja Também

Kombi de prefeitura é destruída pelo fogo no RN; motorista perdeu o 13º

Um veículo Kombi pertencente à Prefeitura Municipal de Ouro Branco pegou fogo na manhã deste sábado, 09. As ...

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.