Home / Política / ”Não podemos aceitar a falta de diálogo e a perseguição”, diz Lucélio, sobre a forma de governar

”Não podemos aceitar a falta de diálogo e a perseguição”, diz Lucélio, sobre a forma de governar

Compartilhe:

Em entrevista ao programa Tambaú Debate, Lucélio Cartaxo, candidato ao Governo do Estado pelo PV, disse que sua gestão estará focada nas melhorias de vida para a população, investindo nas áreas eleitas prioritárias pelos paraibanos.

+ TCE-PB reprova contas de ex-prefeito de Paulista e aprova contas da câmara de Brejo do Cruz

“O que não podemos aceitar é falta de diálogo e perseguição. O relato que ouço de vários prefeitos é a falta de investimentos estaduais por conta das bandeiras partidárias dos gestores, como em Matinhas, onde a obra de uma escola está paralisada porque a prefeita da cidade tem uma opinião política diferente do atual governador”, disse.

Lucélio defendeu também uma gestão que lide com a segurança pública de forma responsável e transparente. “O governo atual diz que está tudo bem com a segurança pública, enquanto a população tem medo de andar nas ruas, porque sabe que tem grande chance de ser assaltada. É preciso fazer o debate franco, encarar os problemas e buscar soluções que melhorem a vida dos paraibanos”.

Após entrevista, o candidato da coligação Força da Esperança reforçou que áreas essenciais para a qualidade de vida da população estão travadas em investimentos, por isso os paraibanos têm defendido outra forma de administração para o Estado.

“Nossa candidatura cresce, porque a população sente a necessidade de melhorias. Nestas eleições, há um candidato que foi governador por dez anos. Outro, que representa um governante no poder há quase oito anos. E ainda assim sentimos falta de mais segurança, saúde regionalizada, qualidade de vida e oportunidades de crescimento. Queremos elevar a vida dos paraibanos, por isso estamos de mãos dadas com gestores, lideranças e, sobretudo, a população das cidades do Litoral ao Sertão”.

ASSESSORIA

Leia mais notícias da política

Veja outras notícias em catoleagora.com

Deixe um Comentário

Deixe uma resposta

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.