Home / Policial / Operação conjunta entre polícias do RN e da PB apreende 30 kg de droga avaliada em R$ 1 milhão

Operação conjunta entre polícias do RN e da PB apreende 30 kg de droga avaliada em R$ 1 milhão

Compartilhe:

Dois homens foram presos com aproximadamente 30 quilos de skunk na Rodoviária de Natal, no Rio Grande do Norte, na noite desta quinta-feira (07). A ação aconteceu após um trabalho de investigação em conjunto de Policiais Civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR), em parceria com a Polícia Civil da Paraíba, através da Delegacia de Repressão à Entorpecentes de João Pessoa.

Tales Pereira de Albuquerque, conhecido como ‘Boca’ e Francisco de Assis Lelis da Nóbrega Neto, conhecido como ‘Víbora’ são naturais de João Pessoa e foram presos com cerca de 30 quilos de skunk, que é uma espécie de maconha cultivada em ambiente controlado.

Os policiais receberam a informação de que Francisco de Assis estava vindo de Manaus com uma grande quantidade de drogas. Desde então foi feita uma vigilância pelos investigadores da DEICOR em conjunto com os policiais civis da Paraíba.

Os investigadores presenciaram o desembarque do suspeito Francisco de Assis e foi verificado que um indivíduo pilotando uma moto se aproximou do suspeito, recebeu um pacote, colocou dentro de uma mochila e ia saindo da rodoviária.

No momento em que o motoqueiro Tales tentou sair da rodoviária, foi abordado por uma equipe da DEICOR, que encontrou quase 2 quilos da droga. Já outra equipe abordou Francisco e encontrou cerca de 28 quilos da mesma substância.

Os dois suspeitos receberam voz de prisão por tráfico de drogas. Durante o interrogatório, eles confirmaram que a droga apreendida era avaliada em torno de R$ 1 milhão.

CLICK PB

Leia mais notícias em catoleagora.com

Siga a página Catolé Agora no Facebook

Para anúncios ou informações: WhatsApp (83) 9.9676-1272

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.