Home / Destaque / Pai, três filhos e genro são mortos a tiros em chacina no interior do RN

Pai, três filhos e genro são mortos a tiros em chacina no interior do RN

Compartilhe:

Um pai, três filhos e um genro foram mortos em uma chacina na madrugada desta quarta-feira (6) no município de Lagoa Nova, na região Seridó potiguar. De acordo com a Polícia Militar, o crime aconteceu no bairro Antônio Aciole, por volta de 1h. Dois homens chegaram em uma casa se identificando como policiais civis que estavam à procura de drogas e armas.

Homem pula muro de escola e mata aluno na quadra de esportes, no RN

Ainda segundo a PM, na residência estavam três homens, dois adolescentes, três mulheres e duas crianças de colo. Os criminosos mandaram as mulheres saírem de perto junto com as crianças e atiraram nos homens: pai, três filhos, entre eles gêmeos, e genro. Todos os cinco morreram na hora.

O pai foi identicado como Francisco Sales Bezerra dos Santos, de 37 anos, os filhos gêmos como Francisco Jhon Lenon Pietra dos Santos e Francisco Jhon Pietra dos Santos, 15 anos. Além do irmão dos gêmeos, Francisco Alejandro Pietra dos Santos, 19, e Daniel da Silva, 20, genro de Francisco Sales.

Uma das filhas de Francisco Sales também foi atingida pelos disparos e socorrida em estado grave ao hospital da cidade. As outras duas mulheres e os dois bebês não foram feridos.

Segundo a PM, não há informações sobre a motivação do crime. A Polícia Civil esteve no local durante a madrugada e irá investigar o caso. “Foi uma noite de terror para a família e para a sociedade”, disse o Cabo Esdras de Azevedo, um dos policiais que participaram da ocorrência. Ninguém foi preso.

G1 RN

*Fotos: Cleto Filho

 

Leia mais notícias do RN

Veja outras notícias em catoleagora.com

Siga a página Catolé Agora no Facebook

Para anunciar no Portal: WhatsApp (83) 9.9676-1272

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.