Home / Esporte / Palmeiras vence jogo, mas é eliminado da Libertadores nos pênaltis

Palmeiras vence jogo, mas é eliminado da Libertadores nos pênaltis

Compartilhe:

Eliminado da Copa do Brasil e da Libertadores em duas semanas, Cuca diz ser compreensível estar com o cargo ameaçado no Palmeiras. Depois de cair para o Barcelona (ECU) nos pênaltis no Allianz Parque, o técnico vê a diretoria no “direito” de fazer mudanças, mas o presidente Maurício Galiotte afirma que seguirá com Cuca e Alexandre Mattos.

+ Brasil vence a Itália e conquista o 12º título do Grand Prix de vôlei

+ Com Moisés, Palmeiras perde do Atlético-PR antes da Libertadores

– Não sou eu que estou falando, estou respondendo às perguntas em cima de pressão. Como um treinador vai ser eliminado da Copa do Brasil e da Libertadores, com o elenco que tem o Palmeiras, e não vai ficar ameaçado? Lógico que está. Se eles acharem que tem de trocar, têm todo o direito. Eu estou dando meu máximo, não consigo dar mais do que estou dando – disse o treinador depois da partida.

– Em cima do treinador, lógico que existe pressão. Já existia antes. Agora cabe à diretoria entender o que é melhor. Se é melhor continuar com o trabalho do treinador, se é melhor fazer uma troca. De repente eles pensam nisso e a vida segue. Não é o que eu quero, mas a gente tem que entender. Ninguém pode estar contente com a gente eliminado mais uma vez – acrescentou.

Maurício, na zona mista do Allianz Parque, repetiu que neste momento o mais importante é manter o trabalho que vem sendo feito. Quando perguntado se Cuca continuará, o dirigente repetiu que “sim”. Depois, também defendeu o diretor de futebol Alexandre Mattos, outro criticado pela eliminação.

– Não vamos falar em mudanças porque não teremos mudanças. Vamos trabalhar, ano passado fomos campeões, ano retrasado também. Alexandre Mattos estava aí e participou, é o homem da minha confiança e continua no Palmeiras normalmente – avisou o presidente.

Mesmo sendo um dos times que mais investiram para esta temporada, o Palmeiras corre grande risco de acabar sem título. Isto porque a competição que resta é o Brasileiro, em que está a 15 pontos do líder, o Corinthians.

– Não tem uma medida exata, é o maior peso que pode existir, é a competição que tínhamos priorizado. Foi um jogo de muita entrega, muita intensidade, e não conseguimos fazer o segundo gol. O peso é muito grande porque foi feito um investimento muito alto para o Palmeiras ganhar títulos esse ano e não ganhou nada – encerrou o treinador. 

LANCENET

Veja outras notícias em www.catoleagora.com

Acompanhe também nossas notícias no Facebook.

Contato com o Catolé Agora: WhatsApp (83) 9.9676-1272

Veja Também

Nanna Chara faz ensaio em homenagem a Neymar e ao PSG; FOTOS

Nanna Chara faz ensaio em homenagem a Neymar e ao PSG. Veja fotos: GAZETA ESPORTIVA ...

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.