Home / Mundo / Pelo menos 13 mortos e dois desaparecidos em naufrágio na Coreia do Sul

Pelo menos 13 mortos e dois desaparecidos em naufrágio na Coreia do Sul

Compartilhe:

Pelo menos 13 pessoas morreram e duas estão desaparecidas, depois de um barco de pesca sul-coreano colidir com uma embarcação de reabastecimento de 336 toneladas, ao largo da cidade de Incheon, indicou a guarda costeira neste domingo (3).

+ Tragédia com avião da Chapecoense completa um ano; relembre os fatos

Um oficial da guarda costeira indicou no balanço sobre o naufrágio que sete pessoas foram resgatadas e duas estão desaparecidas, incluindo o capitão. A bordo do barco de pesca de 9,8 toneladas estavam 22 pessoas. 

Segundo o mesmo oficial, que não quis ser identificado, a embarcação de reabastecimento não sofreu danos.

O gabinete do Presidente Moon Jae-in ordenou às autoridades que destacassem todos os helicópteros e aeronaves necessárias para as buscas dos desaparecidos.

No local estão 19 embarcações, navais e da guarda costeira, e cinco aeronaves, incluindo helicópteros. As autoridades estão questionando a tripulação do barco de reabastecimento para tentar determinar as causas da colisão.

A Coreia do Sul foi palco de alguns acidentes marítimos significativos nos últimos anos, incluindo o ocorrido em 2014, quando um ferry se afundou, matando mais de 300 pessoas, a maioria crianças. Mais de 50 pescadores morreram ou desapareceram meses mais tarde, depois de o seu barco de afundar no Mar de Bering.

LUSA

Leia mais notícias em catoleagora.com

Siga a página Catolé Agora no Facebook

Para anúncios ou informações: WhatsApp (83) 9.9676-1272

Veja Também

Ex-presidiário é morto a tiros na noite desta segunda-feira em Caicó

De acordo com as primeiras informações que chegam a reportagem do Blog Jair Sampaio, no início ...

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.