Home / Brasil / PM é morto no RJ; mãe passa mal e morre após reconhecer o corpo

PM é morto no RJ; mãe passa mal e morre após reconhecer o corpo

Compartilhe:

Um policial militar do 15º Batalhão (Duque de Caxias) foi morto por bandidos na madrugada desta quinta-feira (7). De acordo com testemunhas, Douglas Fontes estava passando pela Avenida Rio Branco, em Gramacho, com a namorada quando ele foi cercado por cinco criminosos armados que queriam levar o carro.

+ Morre em hospital no Recife jovem mordido por tubarão em Jaboatão dos Guararapes

Segundo a assessoria de imprensa da Polícia Militar, horas depois, a mãe dele, Maria José Fontes, de 56 anos, passou mal ao reconhecer o corpo do filho e morreu na UPA de Sarapuí, no mesmo município. Segundo informações da unidade hospitalar, Maria José sofreu um infarto e não resistiu, morrendo antes de chegar à unidade.

No Dia das Mães, como mostrou o RJTV, Maria José usou as redes sociais para se declarar pelos filhos. “São o bem mais precioso que possuo. Por isso, Pai, eu te peço: cuide deles para mim”.

De acordo com a polícia, Douglas foi morto depois que os criminosos descobriram que ele era policial. O PM foi obrigado a deitar no chão e foi executado. A namorada nada sofreu.

Ele estava na PM há 12 anos. Era divorciado e deixa dois filhos, um de 8 e uma de 5.

Douglas é o 54º policial morto no Estado do Rio de Janeiro em 2018. Na terça-feira (5), o subtenente da PM Edemilson de Oliveira, de 60 anos, foi morto em uma tentativa de assalto.

G1 RJ

Leia mais notícias do Brasil

Veja outras notícias em catoleagora.com

Siga a página Catolé Agora no Facebook

Para anunciar no Portal: WhatsApp (83) 9.9676-1272

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.