Home / Destaque / PM prende dupla suspeita de homicídio menos de 4 horas após o crime em Pombal

PM prende dupla suspeita de homicídio menos de 4 horas após o crime em Pombal

Compartilhe:

A Polícia Militar, por meio da 3ª Companhia do 14º Batalhão, prendeu em flagrante os dois suspeitos de matar a tiros, no começo da manhã desta terça-feira (10), o albergado Gildeonecy Alves Formiga, de 36 anos, no centro da cidade de Pombal –  que estava há quatro meses sem registros de crimes contra a vida.

+ Mulher é presa após esfaquear companheiro durante bebedeira em Pombal

Os suspeitos, de 32 e 36 anos, foram presos em menos de 4 horas de diligências, que contaram com várias informações da população para chegar até eles. O de 32 anos foi preso em casa. Já o acusado de 36 anos foi preso em uma loja de motos, ambos na cidade de Pombal. Os dois são suspeitos de atuar no tráfico de drogas da região.

O assassinato aconteceu depois das 5h da manhã, quando a vítima estava chegando em casa, após deixar a cadeia pública, já que era preso do regime semiaberto (que fica recolhido apenas à noite). Os acusados identificados como José Morais Soares Filho, 36 anos (Pombal – PB) e Everaldo de Sousa Oliveira, 32 anos (Pombal – PB), tinham montado uma ‘tocaia’ e atiraram com espingarda e pistola pelas costas do albergado, que cumpria pena por tráfico de drogas. A vítima ainda chegou a ser socorrida, mas morreu no hospital da cidade.

A dupla acusada foi apresentada na Delegacia de Polícia Civil, em Pombal. 

SERTÃO INFORMADO

© Leia mais notícias em www.catoleagora.com, ou siga a página Catolé Agora no Facebook.

Para informações ou anúncios, entre em contato com o Portal Catolé Agora pelo WhatsApp: (83) 9.9676-1272

Veja Também

McLaren batiza de Senna novo esportivo de 800 cavalos; FOTOS

A divisão de carros de rua da McLaren apresentou a sua última máquina e fez ...

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.