Home / Policial / Polícia Civil apreende 24 quilos de droga na Paraíba

Polícia Civil apreende 24 quilos de droga na Paraíba

Compartilhe:

Policiais civis da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) de João Pessoa apreenderam, na manhã desta terça-feira (22), no bairro São José, zona Leste da Capital, mais de 16 kg de drogas. A apreensão foi resultado de uma operação policial desencadeada a partir de uma ligação anônima para o número 197 Disque Denúncia da Secretaria de Estado da Segurança e da Defesa Social (Sesds).

Polícia Militar apreende arma de fogo em Paulista

Os agentes de investigação receberam a informação no início da manhã. A pessoa disse que uma casa no bairro estava sendo usada como depósito de entorpecentes, falou a localização e descreveu o imóvel. Os policiais montaram uma ação para prender os suspeitos de tráfico na área. Eles foram até o bairro São José, identificaram a casa que estaria sendo usada como ponto de venda de drogas, ficaram monitorando, mas como ninguém entrou nem saiu do imóvel eles olharam pelas janelas e viram as drogas no primeiro cômodo.

Os policiais da DRE entraram no imóvel e apreenderam 16 kg de maconha embalada em 17 tabletes e algumas porções da mesma substância ilícita, 250 g de crack, uma balança usada para pesar as drogas e uma carteira feminina vazia. Ninguém foi preso. “O nosso trabalho agora continua para prender os donos dessas drogas. Já temos algumas informações sobre os suspeitos e esperamos que a população ajude a DRE a localizar os responsáveis pelo tráfico naquela área, porque foi a partir desta colaboração que hoje conseguimos apreender a droga”, disse o delegado da DRE, Braz Morroni.

As informações sobre os responsáveis pelo ponto de venda de entorpecentes no bairro São José podem ser repassadas para Polícia Civil pelo número 197 que funciona 24h, e não precisa se identificar. Todas as denúncias serão investigadas e a polícia mantém em sigilo as informações garantindo a segurança do denunciante .

Mais apreensões:

Em outra ação realizada na tarde desta terça-feira (22), desta vez na comunidade Jardim Manguinhos, no município de Cabedelo, região Metropolitana da Capital, a equipe da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) de João Pessoa prendeu em flagrante Roberio Santana de Sousa, 28 anos, pela prática de crime de tráfico de drogas. A polícia chegou até o suspeito quando investigava uma denúncia anônima feita para o telefone 197. A pessoa disse as características do responsável pela venda de entorpecentes na localidade e o local onde a droga era comercializada.

Os levantamentos policiais comprovaram que as informações eram verdadeiras e quando os agentes de investigação entraram na casa encontraram o investigado e a droga. Foram apreendidos quase 8 kg de maconha prensada dividida em tabletes, três balanças de precisão, munições de calibre 38 , 838 reais em dinheiro e rolos de plástico filme e fitas usadas para embalar a droga. Roberio foi encaminhado para Delegacia de Repressão a Entorpecentes e depois de ser ouvido pelo delegado Braz Morroni foi levado para a carceragem da Central de Policia. Ele deve ser apresentado nesta quarta-feira (23) na audiência de custódia.

Sertão

Já na cidade de São Bento, no Sertão paraibano, a Polícia Civil apreendeu 1,5 kg de maconha, durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão. Um homem apontado como suspeito conseguiu fugir do local.

VALE DO PIANCÓ NOTÍCIAS

Leia mais notícias policiais

Veja outras notícias em catoleagora.com

Siga a página Catolé Agora no Facebook

Para anunciar no Portal: WhatsApp (83) 9.9676-1272

Veja Também

Veja as previsões de Suzy Cortez, a Musa da Copa, eleita pela revista Playboy

Não é a toa que Suzy Cortez foi eleita pela revista Playboy e por diversos ...

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.