Home / Policial / Polícia Civil de Pombal cumpre mandado de prisão contra acusado de roubo

Polícia Civil de Pombal cumpre mandado de prisão contra acusado de roubo

Compartilhe:

Agentes da polícia civil de Pombal cumpriram no final da tarde desta quarta-feira (10) um mandado de prisão expedido pela justiça local contra Ramildo de Sousa Ribeiro, conhecido por “Nenem” ou “Caboquinho”, de 23 anos, condenado a 6 anos e 4 meses de cadeia, pela prática de assalto na zona rural de Pombal.

+ Polícia Militar apreende material de propaganda eleitoral irregular em Pombal

Ele vai cumprir a pena em regime semiaberto.

O crime foi no dia 12 de novembro de 2017, por volta das 21 horas, quando “Caboquinho” e um adolescente de 17 anos assaltaram Jackson Tavares de Lima e do mesmo levaram uma moto, mas foram presos horas depois pela polícia militar que também recuperou o veículo.

O menor confessou ter participado do crime junto com Ramildo, afirmando que estava embriagados no dia dos fatos e necessitando de uma moto para voltar para casa.

Em juízo, Ramildo ainda tentou se livrar da condenação atribuindo a prática criminosa exclusivamente ao comparsa.

Porém, para o juiz Luzivânio Pessoa Pinto “o réu deu um colorido todo especial ao fato, jogando a culpa somente no adolescente, não restando dúvidas de que ele participou ativamente da empreitada criminosa”.

Pelo roubo, o magistrado aplicou a pena de 5 anos e 4 meses de reclusão a “Caboquinho”, mas foi aumentada pela crime de corrupção de menores em mais um ano.

ASSESSORIA/PC POMBAL

Leia mais notícias policiais

Veja outras notícias em catoleagora.com

Deixe um Comentário

Deixe uma resposta

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.