Home / Policial / Polícia Civil de Pombal cumpre mandado de prisão contra acusado de violência doméstica

Polícia Civil de Pombal cumpre mandado de prisão contra acusado de violência doméstica

Compartilhe:

Um mandado de prisão expedido pelo Tribunal de Justiça da Paraíba foi cumprido pela Polícia Civil de Pombal na manhã desta quinta-feira (11) contra Miguel Ferreira Batista, conhecido por “Guarabira”, de 57 anos.

+ Polícia estoura depósitos de drogas com duas toneladas de maconha na PB

O mesmo foi condenado a cinco meses de detenção em regime inicial semiaberto, pela prática do crime de ameaça no âmbito doméstico contra sua esposa M.S.L.S, no dia 20 de março de 2015, em Pombal.

De acordo com a denúncia, o acusado ao chegar em sua residência bastante agressivo e sem qualquer motivo aparente, teria ameaçado matar sua companheira.

A vítima contou que era comum a agressividade do marido, principalmente quando bebia.

Ela narrou conviveu com ele por cerca de 27 anos com o mesmo e que ele a ameaçava verbalmente e a xingava com palavras de baixo calão.

Em seu interrogatório, o acusado negou os fatos sustentando não ter ameaçado a vítima de morte, embora tenha afirmado que “às vezes a pessoa bebe e diz coisas, mas não faz” e “que ela também o chamou de viado”; “que homem nenhum aguenta isso, qualquer homem não vai ficar por baixo”.

Ele tentou a anulação da condenação na Corte de justiça estadual, porém a sentença foi mantida e a ordem de prisão expedida.

ASSESSORIA/PC POMBAL

Leia mais notícias policiais

Veja outras notícias em catoleagora.com

Deixe um Comentário

Deixe uma resposta

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.