Home / Destaque / Polícia Militar prende suspeitos de explodir carro-forte na Paraíba; veja vídeo

Polícia Militar prende suspeitos de explodir carro-forte na Paraíba; veja vídeo

Compartilhe:

Após horas de negociação, a polícia prendeu na tarde desta segunda-feira (6), na PB-025, no município de Lucena, quatro homens suspeitos de envolvimento na explosão de um carro-forte que aconteceu nesta manhã, na BR-230, no município de Cruz do Espírito Santo. Por meio de uma denúncia, os policiais chegaram a uma casa onde o grupo se escondeu e cercou a área, sendo recebidos a tiros. 

+ Homem é preso pela PM após desferir golpes de faca em outro, em Brejo do Cruz

Um dos policiais ficou ferido de raspão na mão durante o tiroteio. As negociações duraram cerca de três horas e teve a participação da esposa de um dos suspeitos e um advogado. Os suspeitos se renderam no final desta tarde. 

Com os suspeitos, a polícia recuperou um malote com parte do dinheiro supostamente roubado do carro-forte e apreendeu dez armas e muita munição. Segundo a Polícia Militar, entre as armas apreendidas estão cinco fuzis, sendo três calibre 762, um calibre ponto 50, uma carabina calibre ponto 30 e quatro pistolas 9 milímetros, além de bastante munição, carregadores, coletes e emulsão encartuchada para explosivos.

Ao contrário do que foi divulgado por alguns veículos de comunicação, não houve reféns. Segundo o comando do 7º Batalhão da PM, todos os suspeitos presos na operação têm passagens pela polícia, por crimes similares a assaltos.

Segundo informações extraoficiais, na explosão do carro-forte teriam sido levados R$ 700 mil. A Polícia Militar não informou o valor que foi recuperado após a prisão dos suspeitos. O montante recuperado deve ser encaminhado para a Polícia Civil.  

CLICK PB

*Vídeo: Portal do Litoral

Deixe um Comentário

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.