Home / Brasil / Policiais morrem atropelados por trem durante operação em Recife

Policiais morrem atropelados por trem durante operação em Recife

Compartilhe:

Uma equipe de quatro homens do Grupo de Apoio Tático Itinerante (Gati) do 16º Batalhão da Polícia Militar de Pernambuco, que entrou na linha do Metrô do Recife para atuar numa situação de tentativa de homicídio, acabou sofrendo um atropelamento que causou a morte de dois integrantes e deixou outros dois feridos, um deles em estado grave. Segundo informações preliminares, a equipe de PMs recebeu denúncia de que um grupo de cinco homens encapuzados estava com um refém no local e se preparava para assassiná-lo. Em busca dos bandidos, os policiais entraram na via férrea enquanto ainda havia movimento de composições.

+ Helicóptero cai no mar e deixa um morto e três feridos no Rio de Janeiro

O incidente ocorreu aproximadamente às 21h50 desta terça-feira, quando a equipe do Gati chegou nas imediações da Favela do Papelão, próximo do quartel da Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas (Rocam), entre as estações Joana  Bezerra e Recife. Segundo relatos creditados a um sobrevivente identificado como soldado Eliseu, após entrar na via permanente, a equipe procurou se esquivar da passagem de composições se orientando pela aproximação dos faróis, mas uma delas estava com os faróis apagados e acabou atropelando os PMs.

Um dos PMs morreu no local, o sargento Enéas. Os demais foram socorridos para o Hospital da Restauração, no Derby. Um desses, identificado como cabo Adeilton, chegou morto ao hospital. Dos dois que ainda restaram feridos, o soldado Luciano foi considerado estável, enquanto o soldado Clécio Santos está internado em estado muito grave, entubado. Não há informações sobre o refém que estaria com os cinco encapuzados.

Segundo um perito do Instituto de Criminalística, o local do acidente tem trilhos em declive e visibilidade nula. A PM divulgou nota confirmando que os policiais realizavam incursões na área e indicando que dois deles recebiam atendimento no HR.

Confira a nota da PM:
A Polícia Militar lamenta profundamente o trágico acontecimento desta terça-feira (15/05) à noite, quando dois policiais  do 16º BPM, no estrito cumprimento do dever, acabaram mortos, atropelados por uma composição do metrô na Estação Recife. O fato ocorreu quando o grupo de policiais militares realizava incursões na área férrea na procura de contumazes meliantes que usam do local para o cometimento de crimes como tráfico e assaltos. Outros dois policiais que formavam a equipe continuam recebendo atendimento médico no Hospital da Restauração. Nesse momento difícil, a Corporação pede a compreensão de todos, se comprometendo a, quando tiver informações precisas sobre o caso, repassá-las à sociedade. Agora, fixamos nossas atenções às famílias dos que perderam a vida em defesa da sociedade, bem como, em total apoio aos policiais militares que se encontram feridos.

DIÁRIO DO PERNAMBUCO

Veja Também

Palmeiras supera vaias, empata com América-MG e avança na Copa do Brasil

Foi com bronca da torcida, mas o Palmeiras está nas quartas de final da Copa ...

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.