Home / Catolé do Rocha / Polícias Militar e Civil prendem 12 pessoas acusadas de roubos ,tráfico e homicídios em Catolé do Rocha e região

Polícias Militar e Civil prendem 12 pessoas acusadas de roubos ,tráfico e homicídios em Catolé do Rocha e região

Compartilhe:

As Polícias Civil e Militar de Catolé do Rocha-PB deflagraram a OPERAÇÃO DIAKRISI, desarticularam facções criminosas em Catolé e região e prenderam 12 pessoas na tarde desta quarta-feira (04 de abril).

+ Vídeo mostra elemento assaltando padaria no centro de Catolé do Rocha-PB

Foram cumpridos 9 mandados de prisão e 9 de busca e apreensão e ainda 4 flagrantes foram confeccionados. Com eles foram apreendidos drogas, uma pistola. 380, um revólver calibre 38, munições e joias. Operação comandada pelo Delegado Seccional de Catolé, Sylvio Rabello, e Major Esaú, comandante do 12º Batalhão da Polícia Militar.

Os gestores afirmaram que uma FACÇÃO CRIMINOSA DO RN bancavam os grupos criminosos que estavam se matando em Catolé do Rocha. São responsáveis por tráfico, roubos e homicídios. Já são mais de oito homicídios praticados pelos grupos criminosos.

Foram presos Damião Severino Alves, Jefferson Targino, Benício Dantas da Silva, Irapua Diniz de Sousa, Denis da Silva, Antonio Forte Filho, André Anderson de Medeiros, Francisco Tahuan Oliveira, José Edson Cassiano, Fernando da Silva, Jairon de Sousa, Mateus Silva e Péricles da Silva.

Operação DIAKRISI Significa DESARTICULAÇÃO e visa combater as brigas de quadrilhas na cidade de Catolé do Rocha, visando inclusive DIMINUIR os índices de criminalidade. Delegado Seccional e comandante da PM agradece ao empenho de todo efetivo.

ASSESSORIA/18ª DSPC

Leia mais notícias de Catolé do Rocha

Veja outras notícias em catoleagora.com

Siga a página Catolé Agora no Facebook

Para anunciar no Portal: WhatsApp (83) 9.9676-1272

Veja Também

Com um a menos, Fluminense vence o Cruzeiro no Maracanã

Mesmo com um jogador a menos desde os 15 minutos do primeiro tempo, o Fluminense derrotou o Cruzeiro por ...

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.