Home / Catolé do Rocha / Recadastramento biométrico atinge 85% do eleitorado de Catolé do Rocha

Recadastramento biométrico atinge 85% do eleitorado de Catolé do Rocha

Compartilhe:

O recadastramento biométrico em Catolé do Rocha terminou nesta quinta-feira (30 de novembro). Dos 21.707 eleitores da cidade, 18.483 compareceram ao cartório eleitoral para fazer a revisão biométrica (o que corresponde a 85% do eleitorado, número acima da média da Paraíba, que foi de 84%). 

+ Em 2018, Receita Federal exigirá CPF de crianças a partir de 8 anos na declaração do IR

Dos 102 municípios paraibanos listados para fazerem a biometria, Catolé do Rocha ficou entre os 23 que mais recadastraram seus eleitores. Puxinanã ficou em primeiro com 90% do eleitorado revisado, enquanto Salgado de São Félix ficou em último com 74%.

Na Paraíba, 865.338 (84%) eleitores fizeram a revisão biométrica, enquanto 164.863 (16%) eleitores deixaram de fazer o cadastramento nas 36 zonas eleitorais do Estado. No entanto esse índice (84%) superou a meta estipulada pelo Tribunal Superior Eleitoral, que tinha como objetivo atingir 80% do eleitorado.

Os eleitores que não fizeram a biometria (em Catolé do Rocha foram 3.224), terão seus títulos eleitorais cancelados. Eles devem comparecer ao cartório eleitoral da sua cidade a fim regularizar sua situação para que possam votar nas Eleições Gerais de 2018. 

Quem não fez a biometria também não pode tirar carteira de identidade, não pode obter certos tipos de empréstimos, não pode participar de programas sociais e nem fazer concursos públicos. 

CATOLÉ AGORA

Leia mais notícias em catoleagora.com

Siga a página Catolé Agora no Facebook

Para anúncios ou informações: WhatsApp (83) 9.9676-1272

Veja Também

Brasil fica em 2º em ranking de ignorância sobre a realidade; veja lista

São Paulo – Quantas garotas de 15 a 19 anos você acha que dão à luz no ...

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.