Home / Política / Romero diz que encontro com Cartaxo é prioridade e considera “mais difícil” unidade com Maranhão

Romero diz que encontro com Cartaxo é prioridade e considera “mais difícil” unidade com Maranhão

Compartilhe:

A tão aguardada conversa entre os prefeitos Romero Rodrigues (PSDB) e Luciano Cartaxo (PSD) para definir os rumos da oposição nas eleições deste ano deve acontecer, de fato, ainda esta semana, pelo menos no que depender do prefeito de Campina Grande. Em entrevista concedida nesta segunda-feira (19), Romero garantiu que vai priorizar essa questão e que tomará a iniciativa de agendar uma reunião com Cartaxo até o final da semana.

+ Em defesa ao TSE, Luciano Huck reitera que não vai disputar eleição

“Vou fazer contato com Cartaxo esta semana, priorizar essa questão, pra ver se a gente conversa pessoalmente. Como também, se possível, com o senador Maranhão, compreendendo que ele tem agenda em Brasília. Eu acho que não vão faltar oportunidades nem espaço de conversa pra vê se a gente consegue virar essa página de fevereiro pelo menos com alguma ideia mais consolidada em torno de uma definição para a eleição”, disse o tucano.

Questionado se ainda acredita na unidade das oposições, incluindo o também pré-candidato José Maranhão (MDB), Romero disse que vê este cenário está cada vez mais distante, já que o emedebista declarou que a sua candidatura é irreversível.

“Não se pode dizer que as coisas na política são impossíveis. O que posso dizer é que se tornou um pouco mais difícil, de fato, porque você tem o MDB com uma decisão muito mais firme, sólida, por parte do senador Maranhão. E eu e Cartaxo ainda nessa indefinição”, disse.

BLOG DO GORDINHO

Leia mais notícias da política

Veja outras notícias em catoleagora.com

Siga a página Catolé Agora no Facebook

Para anúncios ou informações: WhatsApp (83) 9.9676-1272

 

Deixe um Comentário

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.