Home / Entretenimento / Rômulo Neto diz que ator bonito sofre preconceito e tem que mostrar serviço

Rômulo Neto diz que ator bonito sofre preconceito e tem que mostrar serviço

Compartilhe:

Antes de ser ator, Rômulo Neto, ex de Cleo, foi modelo de sucesso. Nesta terça-feira (22), ele contou ao youtuber Matheus Mazzafera como lida com a beleza e disse acreditar que existe preconceito em relação a pessoas bonitas. “Acho que a beleza abre portas, mas não mantém nenhuma porta aberta. Acho que ela pode te impulsionar num momento inicial, mas você nunca vai se garantir por causa da beleza, porque, no fundo, o que importa é seu talento e a verdade que você passa. Agora, acho que existe, sim, o preconceito em relação à beleza. A pessoa que tem isso acaba tendo que provar duas vezes mais o talento por causa do preconceito alheio. Acaba exigindo de você duas vezes mais talento ou a necessidade de mostrar serviço, digamos assim”, argumentou ele, cujo trabalho mais recente na TV foi como o Lourenço de Pega Pega, novela exibida ano passado.

+ Segurança gato de Kylie Jenner faz sucesso na internet; FOTOS

Desde 2007 na TV, ele contou que os atores bonitos geralmente são escalados para fazer os mesmos tipos de personagens. “A pessoa bonita normalmente é escalada para fazer papel de bonita. É difícil ela ter a oportunidade de fazer um papel diferente, fugir do estereótipo de galã. Fazer um esquizofrênico ou um cara sujo. Acho que as possibilidades são menores. Não significa que é impossível, mas você tem que ter um produtor de elenco ou um diretor que compre seu barulho, que acredite no seu trabalho para que você consiga fazer um papel assim. O Bruno Gagliasso conseguiu fazer alguns papéis que fugiam um pouco dessa coisa do galã”, elogiou.

Discreto, ele também falou sobre sua relação com as redes sociais. E confessou não gostar de se expor demais. “Não mostro tudo nas redes porque não é o meu perfil. Não tenho nada contra quem faz isso, mas eu me sinto muito exposto em mostrar a minha intimidade sem ter intimidade com as pessoas. É uma coisa pessoal”, explicou, entregando o que o atrai nas mulheres. “Gosto de mulher, de pessoas interessantes, que me causem uma sensação positiva. Independente do meio, do trabalho, da família, se eu me apaixonar e me interessar, eu vou atrás disso. Acho o charme muito mais interessante do que a beleza. No final das contas, o que importa é amar e ter um relacionamento legal, com parceria. Mas podendo ser gente boa, educada, de boa família e linda, a gente não reclama. Mas beleza de fato não põe mesa”, contou, aos risos.

QUEM

*Foto: Selmy Yassuda/QUEM

 

 Veja mais notícias de entretenimento

Leia outras notícias em catoleagora.com

Siga a página Catolé Agora no Facebook

Para anunciar no Portal: WhatsApp (83) 9.9676-1272

Deixe um Comentário

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.