Home / Esporte / Santos perde para Luverdense mas se classifica para as quartas de final da Copa do Brasil

Santos perde para Luverdense mas se classifica para as quartas de final da Copa do Brasil

Compartilhe:

O Santos perdeu por 2 a 1 para o Luverdense nesta quinta-feira, em Lucas do Rio Verde, mas se classificou para as quartas de final da Copa do Brasil depois dos 5 a 1 na Vila Belmiro, na semana passada.

+ Tite divulga lista de convocados para a Copa do Mundo da Rússia; confira

Com o time reserva, o Peixe começou bem e abriu o placar com o gol contra de Paulinho, porém, recuou e viu o LEC melhor em quase toda a partida. Os donos da casa empataram com Paulo Renê e viraram com Itaqui, criaram outras chances e viram o alvinegro acuado.

Não houve um grande destaque individual no Santos. Vanderlei falhou, a defesa ofereceu espaços, o meio-campo não funcionou e a bola não chegou no centroavante Yuri Alberto. No fim das contas, a boa notícia foi apenas a classificação.

O JOGO

O Santos reserva driblou o entrosamento e começou bem o jogo. Aos seis minutos, Yuri quase fez de longe. Na sequência, o xará Alberto driblou dois e obrigou o goleiro Diogo a fazer boa defesa. A pressão surtiu efeito e, aos 15, Daniel Guedes foi à linha de fundo e cruzou para Paulinho, contra, fazer antes de Copete empurrar.

Depois dos 5 a 1 na Vila e o 6 a 1 no agregado, o Peixe tinha tudo sob controle, mas optou por recuar após abrir o placar. Os donos da casa se animaram e passaram a assustar Vanderlei. Aos 20, Paulo Renê chutou para o goleiro espalmar. E aos 31, em nova tentativa do atacante, o camisa 1 falhou e a bola entrou. 1 a 1.

Com o empate, o alvinegro acordou e administrou o resultado até o intervalo. Arthur Gomes e Copete tiveram chances, porém, não deram continuidade nas boas jogadas criadas por Yuri Alberto.

SUSTO

Logo no primeiro minuto da segunda etapa, o Luverdense virou. Itaqui, que já havia marcado na Vila, bateu falta no ângulo de Vanderlei. O goleiro, dessa vez, ficou sem reação e viu a bola morrer na rede.

O LEC, então, precisava de mais três gols e teve duas oportunidades em sequência para ampliar. Na primeira, Vanderlei espalmou chute de Lucas Braga. Na segunda, Paulo Renê desperdiçou, sozinho, chance na pequena área.

Depois do susto, o Santos se resguardou e passou a sofrer menos. Em contrapartida, não ofereceu mais perigo ao goleiro Diogo. Vecchio, Arthur Gomes e Copete foram inoperantes e a bola não chegou em Yuri Alberto. Gabriel Calabres, Vitor Bueno e Eduardo Sasha entraram, mas foram discretos.

O Luverdense só voltou a pressionar nos minutos finais. Aos 36, Vanderlei falhou de novo e soltou cabeceio fraco de Rafael Silva. No rebote, com o gol vazio, a arbitragem assinalou corretamente o impedimento.

Os donos da casa seguiram em cima, mas a reação parou. E aos 43 minutos, o Santos quase empatou. Primeiro com Vitor Bueno, em boa defesa de Diogo em chute cruzado. E no rebote, Yuri Alberto não pegou bem na bola e chutou para fora. Nas últimas movimentações, Vanderlei espalmou duas em finalizações de fora da área. No fim das contas, 2 a 1 para o Luverdense, mas classificação santista.

GAZETA ESPORTIVA

 

Leia mais notícias do Esporte

Veja outras notícias em catoleagora.com

Siga a página Catolé Agora no Facebook

Para anunciar no Portal: WhatsApp (83) 9.9676-1272

Veja Também

Acusado de homicídio há 20 anos na Paraíba é preso no estado do Maranhão

Após investigações feitas pelo Grupo Tático Especial da Polícia Civil de Itaporanga (PB), foi possível ...

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.