Home / Destaque / Suspeito de ser um dos maiores assaltantes de bancos do RN morre em confronto com a PM

Suspeito de ser um dos maiores assaltantes de bancos do RN morre em confronto com a PM

Compartilhe:

Um preso de justiça do semiaberto que usava tornozeleira eletrônica foi morto durante troca de tiros com a Polícia Militar na tarde deste domingo (10), no município de Governador Dix-Sept Rosado, no Oeste potiguar. Elano Camilo Correia de Morais, de 28 anos, era conhecido por ostentar em redes sociais com carros, motos e dinheiro.

+ Ataque a tiros deixa um morto e dois feridos em Antônio Martins-RN

De acordo com a PM, um carro da polícia seguia na RN-117 fazendo um patrulhamento de rotina, quando percebeu um veículo em atitude suspeita entrando em uma estrada de barro. Foi então que os policiais seguiram o carro e abordaram os ocupantes, que disseram estar indo para uma festa em uma casa nas proximidades da região.

Chegando no local do evento, a PM percebeu que algumas pessoas estavam fugindo pelos fundos da casa. Os policiais foram atrás dos suspeitos, quando alguém atirou contra os PMs, que revidaram.

Na troca de tiros, Elano Camilo foi baleado na região abdominal, socorrido para o hospital de Governador Dix-Sept Rosado, mas não resistiu. Segundo a PM, outros suspeitos podem ter sido feridos, mas não deram entrada em nenhuma unidade de saúde da região.

Elano Camilo respondia processos na Justiça por receptação, furto e roubo. Além disso, era investigado por participação em outros crimes. Ele era conhecido por ostentar nas redes sociais, através de fotos em carros e motos de luxo e até com maços de dinheiro.

G1 RN

*Fotos: Redes Sociais

Leia mais notícias do RN

Veja outras notícias em catoleagora.com

Siga a página Catolé Agora no Facebook

Para anunciar no Portal: WhatsApp (83) 9.9676-1272

Veja Também

Veja as previsões de Suzy Cortez, a Musa da Copa, eleita pela revista Playboy

Não é a toa que Suzy Cortez foi eleita pela revista Playboy e por diversos ...

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.