Home / Paraíba / Trabalhadores dos Correios encerram greve na PB, diz sindicato

Trabalhadores dos Correios encerram greve na PB, diz sindicato

Compartilhe:

Os funcionários dos Correios e Telégrafos da Paraíba decidiram encerrar a greve que teve início na manhã desta segunda-feira (12). A decisão foi tomada durante assembleia da categoria, na noite desta segunda-feira, depois que o Tribunal Superior do Trabalho (TST) declarou que o movimento era ilegal.

Segundo o secretário-geral do Sindicato dos Trabalhadores em Correios e Telégrafos na Paraíba (Sintect-PB), Husman Tavares, os trabalhos voltam ao normal já nesta terça-feira (13). Porém, garantiu que os funcionários vão seguir em “estado de greve”, ou seja, podem voltar a paralisar as atividades a qualquer momento.

+Com as comportas abertas está saindo mais água do que entrando em Coremas

Em nota, a assessoria de comunicação dos Correios na Paraíba havia informado que “mesmo reconhecendo que a greve é um direito do trabalhador, a empresa entende o movimento atual como injustificado e ilegal, pois não houve descumprimento de qualquer cláusula do acordo coletivo de trabalho da categoria”.

Os trabalhadores reivindicam o retorno dos vigilantes na agência e o fim do pagamento de mensalidade no plano de saúde. Eles aindam protestam contra a suspensão das férias, contra a demissão de 24 mil trabalhadores e fechamento de agências.

G1 PB

Leia mais notícias da Paraíba

Veja outras notícias em catoleagora.com

Siga a página Catolé Agora no Facebook

Para anúncios ou informações: WhatsApp (83) 9.9676-1272

Veja Também

Modelo Juliana Malveira estreia na TV como apresentadora e quer se dedicar ao novo desafio

Modelo vira apresentadora de um programa, em que mostrará as últimas tendências da moda. Sucesso ...

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.