Home / Brasil / Três presos são mortos e cinco fogem de cadeia pública no Ceará

Três presos são mortos e cinco fogem de cadeia pública no Ceará

Compartilhe:

Um tumulto na Cadeia Pública de São Gonçalo do Amarante, município da Região Metropolitana de Fortaleza, causou a morte de três presos na manhã desta quinta-feira (10).

+ Três presos são mortos e cinco fogem de cadeia pública no Ceará

+ Morre empresário Pombalense alvejado com um tiro em tentativa de assalto no DF

Segundo a Sejus, Secretaria da Justiça e Cidadania do Ceará, um grupo de internos aproveitou o momento do banho de sol para render e trancar um agente penitenciário em uma sala da direção da unidade, invadir uma das celas e assassinar os detentos Estefferson de Sousa, Francisco Diego da Conceição e Márcio Cleiton Filho.

Durante a confusão, outros dois internos ficaram feridos e cinco fugiram do local. Os feridos foram levados para o IJF, Instituto Doutor José Frota, em Fortaleza, e alguns dos presos da cadeia pública serão transferidos para outras unidades prisionais.

Esse é o segundo episódio de conflito no sistema penitenciário do Ceará nesta semana. Na última terça-feira, três presos tentaram fugir da Penitenciária Francisco Hélio Viana de Araújo, na cidade de Pacatuba.

Um dele é Antônio Jussivan Alves, o Alemão, mentor do furto milionário ao Banco Central de Fortaleza em 2005. Ele levou um tiro ao tentar subir o muro da unidade e está internado também no IJF, aqui na capital.

AGÊNCIA BRASIL

Veja outras notícias em www.catoleagora.com

Acompanhe também nossas notícias no Facebook.

Contato com o Catolé Agora: WhatsApp (83) 9.9676-1272

Veja Também

Emepa e Emater implantam apiários no Ecoprodutivo em três municípios da Paraíba

Numa ação coordenada pelo técnico Leon Denis Batista do Carmo, da Emepa, em parceria com ...

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.