Home / RN / Universitária é presa pela Polícia Civil com pistola e carro roubado em Mossoró

Universitária é presa pela Polícia Civil com pistola e carro roubado em Mossoró

Compartilhe:

Uma estudante de direito de uma Universidade Particular, identificada como Adryana Karla Carvalho da Silva foi presa pela Polícia Civil, durante a Operação Integrada, na noite desta quinta feira 19 de julho de 2018, após ser flagrada promovendo direção perigosa na BR 110 em Mossoró.

+ Jovem é assassinada durante comemoração do próprio aniversário no RN

De acordo com informações do delegado Regional Dr. Dênys Carvalho, que estava no comando da Equipe Sesed 13, da Operação Integrada, Adriana conduzia um veículo tipo, Corolla de cor branca, com placas PNQ-5570 Fortaleza/CE., fazendo zigue-zague pela rodovia quando foi seguida e alcançada pela equipe de policiais civis.

Durante a revista no veículo foi encontrada e apreendida uma pistola Taurus, calibre ponto 380, n. KDT 12998, municiada com 15 munições intactas.

+ Mulher é presa suspeita de torturar, abusar sexualmente e manter em cárcere um adolescente de 16 anos

A estudante foi conduzida à Delegacia de  Plantão local onde o DPC Denys Carvalho acionou a Polícia Rodoviária Federal para que fosse realizada vistoria no carro e durante o trabalho a PRF constatou que o veículo estava com placas “frias”, sendo o mesmo produto de roubo no Estado do Ceará e que suas placas originais são: PNQ-5510-CE.

Adriana Karla foi autuada em flagrante pelo delegado de Plantão Dr. Valtair Camilo de Paiva, incursa nas penas dos artigos 180 do CPB, (Receptação),art. 14 da Lei n. 10.836/2003 (Posse ilegal de arma) e art. 309 da Lei n. 9.593/1997, c/c art. 69 do CPB e encaminhada ao Pavilhão Feminino da Penitenciária Mário Negócio onde ficará a disposição da Justiça.

FIM DA LINHA

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.