Home / Esporte / Vasco derrota o Madureira e fica perto da vaga na semifinal da Taça Rio

Vasco derrota o Madureira e fica perto da vaga na semifinal da Taça Rio

Compartilhe:

Mesmo com um time misto, o Vasco mostrou força e venceu por 3 a 1 o Madureira, neste sábado, em Moça Bonita. Com o resultado, os cruzmaltinos chegaram a dez pontos e podem se garantir na semifinal da Taça Rio ainda nesta rodada. Para isso, os vascaínos precisam torcer por uma derrota da Cabfriense neste domingo, contra a Portuguesa. Já o Tricolor Suburbano segue sem vencer no Estadual.

+ Com apenas um brasileiro, revista elege os 10 melhores goleiros do século; veja a lista

O Vasco começou bem a partida e abriu vantagem no primeiro tempo com gols de Evander e Andrés Rios. O Madureira fez o seu gol no início do segundo tempo, com Ygor, mas viu s cruzmaltinos marcarem o terceiro com Rildo.

Na última rodada da fase de classificação, o Vasco terá o clássico contra o Botafogo, no Nilton Santos, no domingo. Já o Madureira volta a atuar em Moça Bonita, mas desta vez de visitantes contra o Bangu.

O jogo

O Vasco tomou a iniciativa da partida desde os primeiros minutos, mas só conseguiu criar a sua primeira boa chance aos 12 minutos. Paulinho cruzou, a bola bateu na zaga e sobrou para Evander na área. O meia chutou rasteiro e viu Jonathan fazer grande defesa.

Os cruzmaltinos seguiram com domínio do jogo e abriram o placar aos 15 minutos. Em avanço rápido, Evander recebeu passe na entrada da área e chutou com força. O goleiro Jonathan tentou fazer a defesa, mas a bola bateu em suas mãos e foi para a rede.

Após o gol, os vascaínos diminuíram o ritmo, mas continuavam tendo mais posse de bola. O Madureira buscava os avanços sem qualquer organização e não levava perigo para Gabriel Félix. Somente aos 32 minutos, o Vasco chegou ao segundo em Moça Bonita. Andrés Rios foi lançado e viu o zagueiro Edmário colocar a mão na bola dentro da área. O árbitro marcou pênalti, convertido pelo argentino.

O Madureira só conseguiu chegar pela primeira co perigo aos 40 minutos. Ygor fez jogada individual cruzou para a área. Werley tentou fazer o corte e mandou para o próprio gol.O zagueiro contou com o reflexo de Gabriel Félix, que salvou os cruzmaltinos. O lance animou o Tricolor Suburbano, que assustou no minuto seguinte, em cabeceio de João Carlos.

Nos minutos finais, o Madureira esboçou uma pressão, mas pecou nos passes próximo da área. O Vasco apenas administrou o resultado até o intervalo.

No segundo tempo, o Madureira voltou com a mesma postura do fim da etapa inicial e pressionou no início. O Tricolor Suburbano assustou pela primeira vez aos quatro minutos, em chute de Rafinha no travessão. Só que no minuto seguinte, o gol veio com Ygor, que aproveitou cruzamento rasteiro para tocar para a rede.

O revés fez o Vasco acordar. Tanto que os cruzmaltinos quase marcaram aos nove minutos, quando Paulinho foi lançado e tocou na saída de Jonathan, mas por cima do travessão. Só que no lance seguinte, Andrey roubou a bola na saída do Madureira e tocou para Rildo finalizar sem chance para o goleiro.

Depois do gol, o Vasco novamente passou administrar o resultado. Com isso, o jogo caiu em rendimento. O Madureira só conseguiu voltar a levar perigo aos 28 minutos. Ramon cobrou falta no travessão. No rebote, João Carlos Ferreira cabeceou para boa defesa de Gabriel Félix. A resposta cruzmaltina veio aos 32. Caio Monteiro fez boa jogada individual. Chutou para defesa de Jonathan.

Nos minutos finais, os vascaínos mantiveram a posse de bola e ainda desperdiçaram algumas boas chances. O Madureira seguia sendo pouco efetivo no ataque e não conseguiu levar perigo até o apito final.

GAZETA PRESS

Leia mais notícias do Esporte

Veja outras notícias em catoleagora.com

Siga a página Catolé Agora no Facebook

Para anúncios ou informações: WhatsApp (83) 9.9676-1272

Veja Também

Loja de móveis e eletrodomésticos é assaltada em Brejo dos Santos

A bruxa rola solta no município de Brejo dos Santos, sertão paraibano. Em menos de ...

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.