Borracheiro é morto a tiros no Ouro Negro em Mossoró

O crime aconteceu por volta das 09h da manhã desta terça-feira, 23 de junho na Rua Chico Teófilo no bairro Aeroporto “Ouro Negro” em Mossoró. Francisco das Chagas Dias da Silva, “Nego Ciço” de 37 anos de idade, residente na Rua Cicero Lourenço, no mesmo bairro, que trabalhava como borracheiro e vendedor de peixe no bairro onde foi assassinado com vários tiros de pistola.

VEJA TAMBÉM:

Ouro Negro é uma antiga favela dentro do bairro Aeroporto que já foi notícia em vários crimes de homicídio, sendo considerado um dos lugares mais violentas da cidade. Hoje, urbanizada com escolas, creches e até uma pracinha bem no centro, Ouro Negro continua tão violento quanto antes. Nego Ciço foi morto no meio da rua e mesmo que alguém conheça os criminosos, saiba onde eles  moram e em que veículos estavam, se bater com a língua nos dentes, corre o risco de morrer do mesmo jeito.

O corpo de “Nego Ciço” ficou caído na calçada de uma igreja evangélica, onde segundo informações, ele servia como auxiliar e se preparava para ser consagrado como obreiro.

A polícia recebeu informações que os dois criminosos que mataram o “Nego Ciço” estavam numa motocicleta, mas se a família ficar amedrontada e não contar para a polícia algum tipo de envolvimento da vitima com algum ilícito, o crime corre um sério risco de cair no esquecimento e os criminosos livres para praticarem outros.

A equipe de perícia criminal localizou algumas cápsulas e projéteis da pistola usada pelos criminosos e no corpo da vítima varias perfurações de entrada e saída.

O CÂMERA