Caçador é preso após abater dois jacarés em sítio e recebe multa de R$ 10 mil em MS

Um homem de 23 anos foi preso e multado em R$ 10 mil nesta quarta-feira (9), após ser flagrado pela Polícia Militar Ambiental (PMA) de Mundo Novo, a 463 quilômetros de Campo Grande, abatendo dois jacarés em um sítio.

Conforme a PMA, os policiais receberam denúncias de que a caça ilegal estava sendo realizada em um sítio e encontraram o caçador em um trator. Com o suspeito, ainda foram encontradas duas espingardas, 125 munições calibre 22 e cinco cartuchos calibre 12. O homem de 23 anos afirmou ser funcionário do local e que as armas estariam na casa em que ele estava ficando.

Os Policiais vistoriaram a residência e encontraram couro e duas carcaças de jacarés. O funcionário afirmou que havia abatido os animais com uso das armas e entregou um pedaço da carne dos jacarés que estava em um freezer. A PMA contatou o proprietário do sítio, que mora no Paraná, e ele assumiu ser o dono do rifle calibre 22, mas disse que a outra arma pertencia ao caçador. As armas e munições, além da carne e as carcaças dos jacarés foram apreendidas.

O suspeito recebeu voz de prisão e foi encaminhado, juntamente com o material apreendido, à delegacia de Polícia Civil de Mundo Novo, onde foi autuado em flagrante por caça ilegal e porte ilegal de munições e arma. A pena para a caça é de seis meses a um ano de prisão e do porte de arma de dois a quatro anos de detenção

G1 MS