Como lidar com parceiro dependente químico?

Lidar com pessoas que possuem uma dependência química nunca é uma tarefa fácil, especialmente quando a pessoa é ser parceiro ou parceira e os problemas causados pelas substâncias químicas começam a refletir em suas vidas como um casal.

A dependência química atinge pessoas de todas as idades ao redor de todo o mundo, embora o tratamento seja um desafio, é sim possível encontrar uma cura para a dependência química — que é considerada uma doença. No entanto, é de extrema importância saber o que e como lidar da melhor forma nessas situações.

Diante disso, separamos algumas dicas de como você deve lidar com o seu parceiro dependente químico e, além disso, como uma clínica de recuperação ou masculina pode ajudar. Continue lendo e saiba mais sobre o assunto!

Como lidar com parceiro dependente?

Além de buscar ajuda com especialistas e profissionais da área da saúde em uma clínica de recuperação, é fundamental conhecer algumas dicas práticas que irão te orientar nesse processo tão desafiador. Confira as principais dicas:

  • Converse: não critique o dependente químico várias vezes, prefira conversar com calma e paciência, oferecendo a ajuda necessária e mostrando novas alternativas para o indivíduo, como a internação voluntária;
  • Não aceite violência: apesar de o dependente precisa de seu apoio, não aceite nenhuma situação que possa comprometer sua integridade física e moral, converse e mostre a gravidade das agressões caso isso já tenha acontecido e não permaneça nessa situação;
  • Não faça acordos: a cura para o vício não vai chegar com acordos e barganhas, portanto, tenha um único foco na recuperação e ajuda de especialistas de uma clínica de reabilitação.

 

O que não fazer?

Assim como as dicas citadas anteriormente, conheça mais ações que você não deve ter ao lidar com um dependente químico e alcoólatra:

  • Não finja que nada está acontecendo e não acoberte o seu parceiro para a família do mesmo;
  • Não culpe ou julgue o seu parceiro;
  • Não use drogas ou bebidas com o seu parceiro;
  • Não culpe a si mesmo;
  • Não se afaste de seu cônjuge.

 

Conte com uma clínica de recuperação!

A melhor forma de lidar corretamente com esse tipo de problema é contando com profissionais, portanto, não deixe de procurar por uma clínica de recuperação e reabilitação em Goiás ou em um local mais próximo de você.

Somente assim, o seu parceiro pode encontrar o tratamento psicológico e físico adequado para o caso, com medicamentos, métodos, atividades e profissionais da melhor qualidade possível!

DIVULGAÇÃO