Cuidar da saúde bucal ajuda na prevenção a doenças

Cáries, gengivite, perda de dentes e outros problemas relacionados a má higiene bucal são bastantes conhecidos. O que poucas pessoas sabem é que não cuidar da saúde bucal pode resultar em doenças para outras partes do corpo.

 

+ Três chás que acabam rapidamente com as cólicas menstruais

 

São muitas as consequências de se não visitar um dentista periodicamente, a fim de prevenir e tratar problemas nos dentes e gengivas, especialmente. A periodontite, por exemplo, é um caminho para que bactérias cheguem até outras áreas do organismo, afetando assim, a saúde das pessoas.

 

Doenças sérias podem ser resultantes da falta de higiene bucal

Não cuidar adequadamente da higiene bucal acarreta em problemas como mau hálito, tártaro, sangramentos na gengiva, cáries e até na perda dos dentes. Porém, essas são consequências conhecidas pelas pessoas.

 

Especialistas informam que o não cuidado adequado com a saúde bucal pode resultar em problemas sérios de saúde. Entre eles, complicações respiratórias, diabetes, gastrite, doenças cardíacas e artrite.

 

A má higiene dos dentes, língua, gengiva e bochechas é de grande contribuição para o acúmulo de bactérias que se alojam na boca. Além delas causarem danos e complicações para a saúde bucal, é a maior causa de bacteremia.

 

Com foco infeccioso, as bactérias alojadas na gengiva entram na circulação sanguínea, provocando doenças sérias.

 

Má higiene bucal resulta em doença periodontal e afeta o organismo

Se os dentes e as gengivas não estão saudáveis, é importante procurar um especialista para tratar o problema o quanto antes. A saúde bucal deve ter a mesma atenção da saúde geral do corpo, uma vez que existe relação entre infecções bucais e condições sistêmicas.

 

É importante saber que a doença periodontal ocorre quando há um acúmulo de tártaro e placa bacteriana nos tecidos periodontais. Isso envolve o osso alveolar, gengiva, ligamentos periodontais e outros tecidos que fazem parte da sustentação dentária.

 

Com o processo inflamatório resultante, afeta-se também o sistema imunológico, bem como expõe esses tecidos à destruição, ocasionando assim, a perda dentária. Portanto, a doença periodontal é tida como porta de entrada para bactérias na circulação sanguínea.

 

Visitar o dentista regularmente para profilaxia é a melhor maneira de um diagnóstico precoce. Algumas pessoas alegam não visitar o dentista pela dificuldade em conseguir atendimento público, desconhecendo o baixo custo de um convênio odontológico.

 

Pessoas com doenças da boca têm mais risco de sofrer infarto

Estudos apontam que as pessoas com doenças da boca aumentam em 2,5 vezes as chances de sofrer AVC, infarto e também problemas respiratórios, além das demais doenças citadas acima.
Para evitar esses problemas de saúde, é importante ampliar os cuidados com a higiene bucal, focando sempre na prevenção. Além de manter sempre uma escovação completa, a visita regular ao dentista é fundamental.

 

Vale saber que quando se trata de escovação, inclui uma completa higiene, com escovação, uso de fio dental, enxaguante bucal e limpador de língua. Também é essencial higienizar, além dos dentes, as gengivas, língua, bochechas e céu da boca.

 

E, ao perceber sangramento na gengiva, especialmente com uso do fio dental, é importante procurar um profissional para correta avaliação.

 

Estudos também apontam que um entre cinco brasileiros sofrem com gengivite. Outro ponto importante a se observar é o fato de que todos temos as mesmas bactérias, porém, estas podem reagir de formas diferentes, sendo que algumas são bem agressivas.

 

Além disso, a genética faz com que alguns tenham mais facilidade a determinadas doenças da boca. Com isso, a probabilidade é maior de se ter infarto, o que aumenta a importância de manter as visitas ao consultório dentário regulares para profilaxia.

 

Por: Andreia Silveira, do site PlanodeSaude.net.

 

ACORDA CIDADE

Um comentário em “Cuidar da saúde bucal ajuda na prevenção a doenças

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *